Aprendendo a ganhar almas

Os cristãos das nações ocidentais acham que o ganhar almas é feito dentro das igrejas. Enquanto muitos encontram a Cristo nos prédios das igrejas, nos tempos bíblicos o ganhar almas era feito do lado de fora, onde as pessoas viviam. Portanto, deixe que a cruz seja levantada novamente no centro do mercado, da mesma forma como na parede da igreja. Jesus não foi crucificado numa catedral entre dois candelabros, mas numa cruz entre dois ladrões numa encruzilhada percorrida pelos povos de tantas nações que eles tiveram que escrever a denominação d’Ele em Hebraico, Latim e Grego. O Filho de Deus foi crucificado num lugar onde os cínicos falavam obscenidades, onde os ladrões blasfemavam e onde os soldados jogavam jogos de azar. Por ter sido este o lugar onde Cristo morreu e esta a razão porque Ele morreu, é ali que os cristãos podem compartilhar melhor a Sua mensagem de amor porque é para isso o verdadeiro cristianismo.
  1. DOIS MÉTODOS DE EVANGELISMO
No Livro de Atos havia somente dois métodos de evangelismo: o evangelismo em massa ou o evangelismo pessoal.


  1. O Evangelismo em Massa
“E descendo Filipe à cidade de Samaria lhes pregava a Cristo. E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia. E havia grande alegria naquela cidade” (At 8:5,6,8). A enorme cruzada de Filipe, na cidade, é um exemplo de evangelismo em massa.
Vemos em Atos 8:26-38 este mesmo evangelista, Filipe, praticando o evangelismo pessoal. “E, respondendo o eunuco a Filipe, disse: Rogo-te, de quem diz isto o profeta? De si mesmo, ou de algum outro? Então Filipe, abrindo a sua boca e começando nesta escritura, lhe anunciou a Jesus” (At 8:34,35).
“Como nada, que útil seja, deixei de vos anunciar, e ensinar publicamente [evangelismo em massa] e pelas casas [evangelismo pessoal]. Testificando tanto aos judeus como aos gregos, a conversão a Deus e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo” (At 20:20, 21).
Um século depois do Dia de Pentecostes a discussão teológica tomou o lugar do ganhar almas na Igreja, o que resultou em indiferença e apostasia espiritual. Por volta do quarto século começou a Era das Trevas. Foi somente depois do século 18 que o evangelismo em massa começou a reaparecer representado por John Wesley (fundador da igreja Metodista).
O evangelismo pessoal, como praticado pela Igreja no Livro de Atos, somente começou a ser redescoberto nesse último século.

  1. O Ganhar Almas, Pessoal
Durante muitas gerações, os cristãos evangelizaram na Igreja, nas salas de aulas de suas escolas, nos bancos de igrejas; mas não evangelizaram o mundo dos incrédulos. As pessoas eram recrutadas pela classe e pela sociedade, e eram convidadas para a igreja, onde se esperava que elas receberiam a Cristo como o seu Salvador e Senhor. Isto funcionava para aqueles que iam à igreja. Porém 90 por cento, ou mais, das pessoas jamais frequentarão a igreja e, portanto, elas nunca poderão ser ganhas lá. A nossa maior oportunidade está fora da igreja. Os cristãos devem ganhar almas no seu local de trabalho, nos parques, nas ruas e nas casas. Devemos sair pelo mundo afora, onde as pessoas estão.  A Igreja nasceu de uma chama do ganhar almas pessoal. Almas eram ganhas nas casas, num ministério cara a cara.
“…E fez-se naquele dia uma grande perseguição contra a igreja que estava em Jerusalém; e todos foram dispersos pelas terras da Judéia e da Samaria, exceto os apóstolos.”
“Mas os que andavam dispersos iam por toda a parte, anunciando a palavra” (At 8:1,4).
Nota: Era o “leigo” que ia a toda parte pregando a Palavra e guiando o povo para Cristo. Os “apóstolos” permaneceram em Jerusalém. Aquela foi a maneira que Deus planejara.  Os líderes foram colocados na igreja para “…a obra do ministério” (Ef 4:12).
Conclusão
Todo membro devia ser instruído pelo líder da igreja a como trazer outros para Cristo. Uma brisa refrescante do Novo Testamento estilo evangelismo, está soprando através do mundo inteiro.  O lema de vida dos cristãos é muito simples:
Um Caminho! Um Trabalho! O Caminho é Jesus! O Trabalho é ganhar almas!
Não existe alegria como a de dar as boas novas a todos, em toda parte – ganhar almas, onde as pessoas estão! “Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido” (Lc 19:10). “e o que ganha almas é sábio” (Pv 11:30).  “Os entendidos pois resplandecerão, como o resplendor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça [ganhadores de almas] refulgirão como as estrelas sempre e eternamente” (Dn 12:3).  Tornar-se sócio com Jesus na Sua obra poderosa de salvar almas perdidas é a coisa mais importante no mundo.

Acesse as paginas do Apóstolo Ronilto nas redes Sociais:
Clique no Link


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5