Namoro não é um "Test Drive”



  
Em entrevista, fundador do Instituto Relacionamento em Santidade fala sobre vida a dois.

Como posso encontrar a pessoa certa? Quanto tempo de oração antes do namoro? É possível viver um relacionamento em santidade nos dias de hoje? Essas são apenas algumas perguntas que surgem na mente de muitos jovens cristãos que desejam se relacionar. Para buscar respostas a essas e outras questões relacionadas à vida a dois, o Lagoinha.com entrevistou Ney Matos, fundador do Instituto Relacionamento em Santidade, em Londrina (PR), e casado com Júlia Matos, co-autora dos livros “Agora, sim, o noivo pode beijar a noiva” e “Entendi e decidi, mas e agora?”.

Confira a entrevista:

O QUE FAZER ANTES DE COMEÇAR UM NAMORO?
No livro “Entendi e decidi, mas e agora?”, todas as etapas lançam a pessoa para uma experiência com Deus. A primeira etapa é você ter a convicção em Deus. A gente não orienta uma pessoa a entrar em um relacionamento sem ter essa convicção. O namoro não é um “Test Drive”.
O período de oração é muito importante, senão o mais importante. A grande questão é a motivação, porque muitos casais começam o tempo de oração inclinados 99% a iniciar o relacionamento. Então, muitas vezes, eles fazem isso porque a igreja mandou, mas, na verdade, eles já decidiram namorar. Eles tomaram a decisão, só estão cumprindo um protocolo religioso.

QUANTO TEMPO É PRECISO ORAR?
O tempo necessário para Deus lhe dar todas as confirmações possíveis, porque esta é uma das decisões mais sérias da sua vida. Com “20” e poucos anos você toma uma decisão que vai repercutir nos outros “70” anos da sua vida.
Tive a experiência de ouvir de Deus quem era a minha esposa. Decidi não escolher. Então, falei “Me mostra quem é essa pessoa”. Fiquei orando, e Ele me deu a experiência, falou com ela também, e nós iniciamos um período de relacionamento em santidade. Mas fui falar com ela depois que eu tive todas as confirmações. Tem muita gente que inverte. A pessoa fala com a outra pessoa e, juntas, buscam um sinal de Deus, mas tem um problema: envolve uma coisa chamada emoção, e aí você já está propenso, você já quer. E entra a questão da voz do “eu” junto à voz “dEle”.

É POSSÍVEL VIVER UM RELACIONAMENTO EM SANTIDADE COM BEIJO?
É possível. Por quanto tempo? Não sei. O beijo não é pecado. Então, o fato de eu beijar não significa que eu não estou vivendo um relacionamento em santidade. Eu posso ter um relacionamento em santidade com beijo, mas se nós formos entender a Palavra de Deus, na lei de Moisés, no legalismo, a pessoa tem que se deitar com a outra para cometer adultério. Jesus eleva o nível e fala que se você apenas olhar e desejar, já cometeu adultério.
A única regra para um relacionamento em santidade é ouvir o Espírito Santo, porque o ser humano vive atrás de regrinhas, de legalismo, de normas para viver, porque é mais fácil obedecer a uma norma do que ouvir o Espírito Santo.
A minha decisão foi de não beijar a Júlia no namoro, e essa decisão foi consciente, não porque a minha igreja obrigou ou por uma moda, mas foi o padrão que eu estabeleci na minha vida. Dentro do namoro, a gente sempre orienta os casais a ouvirem de Deus. Cada um pode ouvir do Espírito Santo. Creio que os limites dos toques físicos não são o foco do relacionamento, mas, sim, o resultado da sua vida com Deus.

POR QUE VOCÊ DECIDIU POR SANTIDADE?
Estávamos vivendo muitas experiências com Deus, e essa presença dEle nos impactou de forma muito profunda. Então percebemos que isso é algo tão valioso que não vale a pena colocar em risco. Qualquer coisa que coloque isso em risco, eu não quero!

TODOS PODEM ESPERAR A CONFIRMAÇÃO DE DEUS?
Sim, com certeza. O Espírito Santo fala com todos. Deus é o mais interessado que você construa uma família debaixo da vontade dEle, que você viva bem com uma outra pessoa. Jesus foi conduzido em todas as coisas e pode nos conduzir também.

COMO A PRESSÃO DA SOCIEDADE INFLUENCIA?
O ser humano é pressionado pela sociedade, e não estou falando de algo longe, não. Mesmo entre nossos parentes, dentro de casa. Por exemplo, você está terminando o colegial. “E aí, que faculdade você vai fazer?” Você começa a faculdade. “E aí, vai namorar não?” Em festinha de aniversário de família. “Cadê o namorado?” Você começa a namorar. “E o casamento, quando é que vai ser?” Você se casa. “E o filho, quando é que vem?”.
A sociedade está sempre pressionando para tentar acelerar o processo para justamente tudo ser fora do tempo. Vivemos num tempo em que está tudo muito acelerado. Hoje em dia, esperar é algo difícil, então, muita gente luta com essa ansiedade e toma decisão errada. Na verdade, a plataforma de tudo isso é a falta de confiança em Deus.

QUAL É O PAPEL DA IGREJA DIANTE DE TANTA EROTIZAÇÃO NA MÍDIA?
Antigamente, você tinha que procurar para ver pornografia. Hoje, você tem que fugir para não vê-la. O tempo todo, o mundo está nos “bombardeando” com esse tipo de conteúdo. Se nós, a Igreja, não nos posicionarmos para falar sobre isso, cada vez mais teremos cristãos com padrões do mundo. Por isso, a Bíblia diz “não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente” (Romanos 12:2).
Só experimentaremos a boa, perfeita e agradável vontade de Deus se nos posicionarmos contra os padrões deste mundo, termos a nossa mente renovada e entendermos que Deus deseja que andemos em santidade. Então, dentro disso, é muito importante a Igreja se posicionar e, principalmente, apresentar a cultura do Reino de Deus. Porque quando a cultura do Reino chega e os padrões dela são estabelecidos, as pessoas podem ter a opção de escolha.

DEIXE CINCO DICAS PARA TER UM RELACIONAMENTO EM SANTIDADE
 Viver um relacionamento íntimo com Deus; gastar tempo orando, lendo a Bíblia, tendo experiências e buscando a presença dEle juntos.
 Fechar as portas para o pecado. Construímos ambientes propícios para o pecado, abrimos portas para ele vir e lutar diretamente com a gente. Portanto, se você tem problema com pornografia, evite ficar na internet nas madrugadas; se o pecado está no relacionamento com a namorada, não fiquem a sós em casa ou dentro do carro.
 Tenha relacionamento com seus pais, com os pais dele (a), com seus amigos. Sua vida não gira em torno do seu namorado (a).
 Mantenha a transparência com os seus pastores. Esteja sempre acompanhado de pessoas que amam e buscam ajudar você.
 Viva uma aliança de transparência. Quando você estiver sendo tentado, abra o jogo, não lute sozinho. Quando seu namorado faz alguma coisa que a provoca, seja transparente com ele e peça para não fazer isso. Quando a namorada veste uma roupa que mostra uma parte do corpo que o incita, diga a ela.
Para conhecer mais o trabalho de Ney e Júlia Matos, acesse o site do Instituto Relacionamento em Santidade.


Fonte: http://www.lagoinha.com/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA