Retornando aos Princípios

"Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra." (Oséias 6:3)
Verdade Central: Somos a geração do retorno. E a geração do retorno não é ignorante, mas esclarecida. Quando o Evangelho vai para a mão de pessoas leigas, de líderes despreparados, a essência é prejudicada.
Introdução: Muitos líderes leigos, despreparados, começaram a comandar a Igreja de Cristo, e como muitos crentes são facilmente influenciáveis, foram enganados. Inclusive, ministramos durante longos anos que os grupos homogêneos se preferem; eles se atraem.
Discípulos querem proteção, cobertura. E isso vale tanto para o lado bom quanto para o ruim. Queridos líderes, não se iludam! Se o discípulo faz algo errado e você o confronta em amor, se ele não quiser mudar de vida, vai procurar outro líder que o acoberte ou outro ministério onde ninguém saiba qual é a realidade dele.
Normalmente, ficam com outro líder e outro ministério até serem descobertos. E se mais uma vez não mudam de vida, fazem uma 'troca' mais uma vez e não resolvem o problema de caráter que têm. É assim! Os grupos homogêneos se atraem sempre para o bem ou para o mal.
A Geração do Retorno
Mas nós somos a geração do retorno. E, como geração, como Equipe, devemos andar juntos. O que é essa geração do retorno? É uma geração de esperança, que crê e faz as coisas acontecerem. É uma geração que espera do Senhor uma resposta para os dias atuais, porque Deus é um Deus Atual para os tempos e estações. Deus nunca está ultrapassado. Nunca!
Deus é um Deus que revela, a cada geração, o novo momento que a geração viverá. E a nossa geração é uma geração de muitos privilégios, mas também de muitos riscos. Quanto mais informado você é, mais riscos você tem de eliminar para não atrapalhar a sua fé. Porque se o conhecimento alcançado no secular for mal administrado, você corre risco de morte.
Se você não administrar bem o conhecimento que Deus permite que você alcance, o mesmo conhecimento pode se transformar em arma nas suas mãos. Porque há pessoas que pensam poder 'passar a perna' em Deus, mas Deus nunca é apanhado de surpresa. E a própria pessoa, em determinado momento, é apanhada em sua distração e denunciada por ela mesma.
Chamados para conhecer a Deus
A geração do retorno é uma geração chamada para conhecer a Deus. Em Oséias 6:3, está escrito: "Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra." Todas as vezes que nasce a manhã, a grama está molhada. E é o Senhor que rega essa grama enquanto os filhos dormem.
Então Deus sabe regar a nossa fé enquanto dormimos. Deus rega a nossa estrutura de pessoa, profeta e sacerdote quando estamos nEle. Deus sabe fazer isso! A geração do retorno é aquela que crê que Deus é o Sustentador, mas não espera que tudo venha do Pai, também faz a parte que lhe é devida porque não é uma geração despreparada.
Palavra de Sabedoria
A palavra de conhecimento, de sabedoria, de poder e de vida está viva em nosso século. Homens e mulheres com tremendas potencialidades estão se rendendo a Jesus e tornando-se vozes de avivamento em toda a Terra, porque Deus quer e precisa de pessoas preparadas, pessoas sábias que buscam conhecimento do Reino. Porém, o Senhor quer pessoas com a inteligência e sabedoria dEle.
Tiago 1:5 diz que se você tem falta de sabedoria, peça a Deus porque Ele dá a qualquer um que pede. Quando um líder ou Pastor ministra ao discípulo sabedoria, este deve agarrar com unhas e dentes, e receber em Nome de Jesus, porque quem tem a sabedoria elimina os riscos do século.
Um homem inteligente aprende errando, um homem sábio aprende com o erro dos inteligentes e dos tolos. Ele não precisa errar para aprender; essa é a diferença. A pessoa pode ser inteligente e errar, mas os sábios eliminam os erros, porque aprende com os erros dos que estão ao seu redor.
Então, mesmo na inteligência, você pode errar, mas na sabedoria, você elimina os erros. Peça ao Pai que lhe dê o espírito de sabedoria para que você não erre e para que abençoe muitas vidas.
A Geração do retorno não desperdiça Oportunidades
A geração do retorno não desperdiça oportunidades. Agarre as oportunidades como se fosse a última da sua vida e faça de cada oportunidade o seu trunfo. Há coisas na vida que não podemos voltar atrás: uma oportunidade perdida, uma palavra falada e uma palavra perdida. Só mesmo a misericórdia do Senhor.
Oportunidade é uma arma poderosa. Quando aparecer uma oportunidade, entre nela, não tenha medo de se expor. Quem não se expõe não conquista. Quem não se expõe não conquista e não faz história. Lembre-se, porém, que a sua exposição abre críticas fundadas e infundadas. Nenhum profeta está isento de ser exposto e caluniado. Se você é profeta, bem-vindo à calúnia, porque a Bíblia diz que feliz é aquele que recebe uma calúnia.
As oportunidades que Deus está lhe entregando são divinas. Ele está entregando para que você possa mudar a realidade geográfica em que vive. A primeira oportunidade é a base para as outras que nascerão. É na oportunidade divina que Deus vai colocá-lo nos lugares altos.
Você não imagina as portas que estão na sua direção. A chave do Reino abre qualquer porta e essa chave é nossa. As portas estão a sua frente, então abra as portas. Como seu líder, seu Pastor, o desejo do meu coração é que a sua vida, seu exemplo, seu testemunho seja uma chave para abrir portas na sua direção.
Uma geração que raciocina por Princípios
Uma geração que raciocina por Princípios é a geração do retorno à Palavra. Como discípulo, como líder, você deve raciocinar pelos Princípios Bíblicos. Isso fala de você reoxigenar a sua alma. Como líderes de expressão, muitas vezes, somos flechados nas emoções, nos sentimentos, na vida, mas cabe a cada um de nós eliminar as raposinhas. As raposas se alimentam daquilo que está dentro da vinha.
Se não cuidarmos ou reoxigenarmos a alma com os princípios, virão dardos de destruição. A alma é um campo de batalha. A Bíblia diz que o espírito está pronto, mas a alma cresce ou estagna. A guerra que você enfrenta é na mente.
Somos líderes de avivamento! Então, não deixaremos o diabo ganhar vantagem em nossa mente. É ridículo um homem ou mulher com palavra e ensino deixar de raciocinar por princípios. Isso é atrasar o relógio de Deus. E, infelizmente, tem muita gente atrasando o relógio de Deus na sua direção. Portanto, vença o inimigo enchendo a sua mente de Deus.
Esperança – um dom para esta Geração
O dom da esperança é um dom para líder. E quando faltar fé, há esperança. A esperança é um dom patriarcal que Abraão possuía. E todos que são semente de Abraão têm o dom de esperança.
Os relacionamentos nascem de uma semente. Mas também podem acabar com uma semente. Como isso é possível? Por um mal chamado erva daninha. A erva daninha entra na parte central da árvore, suga sua seiva, e nasce uma árvore dentro da árvore.
Somos a geração do retorno. Como tal, precisamos nos preparar porque Jesus vai voltar para buscar uma Igreja que raciocina pelos princípios, que crê que Ele é o Senhor e que mantém a sua esperança em mundo de tantas atrocidades. Não esqueça: você faz parte da geração do retorno aos Princípios.

Mergulhe em Deus!
Fonte: MIR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA