Fechado para novas Ideias

 “Ninguém põe vinho novo em odres velhos; do contrário, o vinho romperá os odres; e tanto se perde o vinho como os odres. Mas põe-se vinho novo em odres novos.” (Marcos 2.22).
Odres novos, odres velhos… qual a diferença? Odre era uma espécie de bolsa feita de pele de animais, normalmente de cabrito, usado para armazenar e transportar vinho. O vinho era colocado no odre e este então era fechado.
O vinho continuava seu processo de fermentação, que causava o esticamento da pele até que esta perdia toda sua elasticidade. Assim, se vinho novo fosse colocado em um odre velho, a pele se romperia devido à pressão causada pela fermentação.
Com esta analogia, Jesus ensinou que se nós permanecermos amarrados aos velhos costumes, tradições e ideias, não poderemos perceber nem receber nada novo para nosso crescimento.

MENTES ESTAGNADAS NÃO PODEM RECEBER NOVAS IDEIAS. A renovação da mente é necessária para receber novos pensamentos. “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:2) - Grifo meu. 
Os pensamentos de Jesus, apesar de já estarem em circulação há dois mil anos, são de fato uma nova maneira de ver todas as coisas. É um vinho novo. Por isso, só quem “nasce de novo” pode recebê-los.

Aplicação: ABRA MÃO DE PENSAMENTOS VELHOS QUE NÃO MAIS LHE AJUDAM OU NUNCA LHE AJUDARAM. Questione suas tradições, costumes e hábitos. Torne-se como uma criança, espiritualmente falando, para receber novas direções de Deus.
Quais ideias ou maneiras de pensar você tem defendido, talvez apenas por costume, que não lhe trazem hoje nenhum resultado prático? Você se chateia quando alguém apresenta uma ideia melhor e maior que a sua? O QUE ACONTECERIA SE VOCÊ PERMITISSE QUE OS PENSAMENTOS DE JESUS EXPANDISSEM SUA MENTE?

Fonte: Renato Cardoso - Site e Blog Oficial


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5