Arrependimento

Foto: pixabay.com
Pois quem se arrepende abandona a prática
Vamos começar com uma simples definição do significado de “ARREPENDER-SE”. Embora já saibamos o significado da palavra, vale a pena relembrar a essência da mesma. O arrependimento é uma mudança de coração e mente que nos aproxima de Deus. Quando falamos em arrependimento, estamos falando em afastar-se do pecado e voltar-se para Deus.
“Será que eu me arrependi de verdade?” Essa é uma pergunta fácil de encontrar resposta. Sabe por quê?
Uma pessoa que diz que se arrependeu de algo que fez, mas continua fazendo a mesma coisa, não está arrependida. Pois quem se arrepende abandona a prática. Isso não inclui somente o pecado propriamente dito.

Muitas vezes falamos algo sem pensar, ofendemos alguém a quem amamos, deixamos de aceitar um convite ou, até mesmo, esquecemos de fazer um convite. Mas logo depois do ocorrido, recai sobre nós o arrependimento e, com ele, muitas perguntas que nós mesmos nos fazemos. Por que falei aquilo? Por que eu não fui? Por que não convidei? É impossível ter arrependimento se não tiver mudança. Quando o arrependimento é sincero, queremos fazer de tudo para nos redimir com as pessoas envolvidas.
Como disse o Marquês de Maricá, “O arrependimento é ineficaz quando as reincidências são consecutivas”.
Como acreditar em alguém que disse ter se arrependido de negar um prato de comida a um morador de rua, se todas as vezes que essa pessoa é abordada por alguém que precisa, ela recusa ajuda? Tiago 4.17 nos diz que quem sabe que deve fazer o bem e não o faz comete pecado.
Será que não estamos cometendo o pecado da omissão? Quantas vezes já vimos pessoas precisando de nossa ajuda e recuamos, quando na verdade deveríamos estender as mãos? Mas há algo que muita gente se esquece…
II Crônicas 7.14: “Então, se o Meu povo se humilhar e orar, e Me procurar, e se arrepender e mudar sua maneira errada de viver, Eu ouvirei do céu as suas orações, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”.
Estamos realmente arrependidos de todas as coisas erradas que fizemos e de todas as coisas boas que deixamos de fazer? Se a resposta for ‘sim’, peça ao Senhor que dirija teus passos, purifique o teu coração e te ajude nos momentos em que clamar. Pois o SENHOR sabe a intenção que você tem. Não adianta falar coisas bonitas, discursar sobre arrependimento, se você continua no erro, continua pecando. Está na hora de despertar. Se não vigiarmos, daremos sequência em uma vida completamente contrária às Sagradas Escrituras.
Agora, se a resposta for ‘não’, precisamos redobrar a atenção, redobrar a oração, redobrar a leitura da Palavra de Deus, e clamar ao SENHOR por misericórdia, pedir a Deus que nos dê sabedoria e discernimento para entendermos que estamos em uma direção errada, que estamos entristecendo o coração do SENHOR.
Que Deus abençoe a todos que clamarem ao SENHOR, com pureza em seus corações. Lembre-se: “O arrependimento é a chave que abre qualquer fechadura” (Autor D[desconhecido).

Por Adriel Lemos | Participação especial: Johana Medeiros [Eu Escolhi
Fonte: Lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA