A mão (in)visível de Deus

Foto: pixabay.com
Gosto muito da história de José, filho de Jacó. Gosto especialmente das palavras finais, quando ele diz aos irmãos: “Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos” (Gênesis 50.20 – NVI). Após ser preso pelos irmãos, vendido como escravo para o Egito, tratado injustamente pela patroa egípcia e esquecido na prisão, José reconheceu que não era a mão do diabo que pesava sobre ele, mas, sim, a mão de Deus que estava dirigindo cada um dos momentos da sua história. José nunca deu crédito aos demônios, às circunstâncias ou aos homens para os acontecimentos da sua vida. Ele somente conseguia enxergar a boa mão de Deus sobre a vida dele (ainda que, muitas vezes, somente com os olhos da fé). Quer fossem momentos bons ou ruins, alegres ou tristes, José sabia que Deus estava no controle e no governo de cada um dos detalhes da sua vida.

No ano de 1976, uma mulher grávida entrava no Hospital Evangélico de Belo Horizonte para dar à luz o seu primeiro filho. Era uma menina! Como aquela família não tinha muitos recursos financeiros, o presidente do hospital decidiu assumir todos os custos do parto. E nasceu uma menina linda, de olhos castanhos, que recebeu o nome de Ana Paula Machado Valadão! Duas décadas mais tarde, aquela menina, então moça, conheceu um rapaz, e eles se casaram! Aquele rapaz era o neto do homem que pagou pelo seu parto! Coincidência? Não!!! Mas a mão (in)visível de Deus!
Alguns meses depois do meu casamento com a Ana, sofremos um acidente de Jet-Ski em uma das praias do Espírito Santo. Tive uma grave fratura exposta na minha perna esquerda. Durante muitos meses, fiz um tratamento para me recuperar das sequelas do acidente. Foi um tempo muito doloroso, difícil e, às vezes, repleto de ansiedades. Por outro lado, aquele período foi um tempo de muitas experiências gloriosas na nossa caminhada com Deus! A música “Preciso de Ti” e “Aos olhos do Pai” nasceram durante aquela estação das nossas vidas! Não estávamos desamparados, mas, sim, guardados e inspirados pela mão (in)visível de Deus!
Precisamos entender que não existem acasos na vida dos servos e servas de Deus. A nossa vida está nas mãos dEle, que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos segundo o poder dEle que em nós opera. Enquanto muitos (homens ou demônios) podem planejar e intentar o mal contra nós, Deus, que está acima de tudo e todos, permanece assentado no Trono, guiando os acontecimentos da nossa história com a Sua mão poderosa. Por isso, ao invés de fecharmos os nossos ouvidos e fixarmos os olhos naquilo que parece mal, abramos os nossos ouvidos e coloquemos os olhos em Jesus. Ele mesmo será glorificado, agindo em todas as coisas para o nosso bem.

Pr. Gustavo Bessa [Blog dos Bessa]
Fonte: Lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5