Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

A simplicidade da adoração

Imagem
Ficamos preocupados em saber o que escrever, em buscar palavras belas para entrarem no coração das pessoas. Buscamos o formalismo, as belas roupas, os mais cheirosos perfumes, enquanto o que temos que fazer é simplesmente estar sintonia com o doce Espírito Santo. Se temos o Espírito Santo em nossa vida, tudo se torna mais simples, mais calmo, mais perfeito. Por um tempo em que me comprometi a escrever sobre Deus e experiências vividas com Ele, eu sempre buscava os melhores temas, as melhores formas, os melhores momentos, enquanto o que realmente agrada a Deus e pode encher o coração do leitor é a simplicidade do Evangelho.

Propostas indecentes

Imagem
Quando o povo de Israel estava para sair do Egito, Faraó fez quatro propostas a Moisés para reter o povo no cativeiro. Essas propostas eram indecentes. Tinham como objetivo enganar o povo e mantê-lo na escravidão. Vamos examiná-las:

Dor Necessária

Imagem
Há pouco tempo, nossa história familiar foi marcada pelo sofrimento. Com direito a registro fotográfico. Sofremos, juntos, dois dias de dó, consternação e solidariedade. Na tabela de vacinação de Amanda, nossa netinha de cinco meses, estavam agendadas três vacinas. Fazer o quê? Mãe e filha foram ao posto de saúde para minutos difíceis. Quando coloco as duas na cena do sofrimento, estou pensando em dois tipos de dor: a da filha e a da mãe. Cada uma sofreu aquele momento a seu modo. “Que maldade!” — teria pensado a filha, ao ser levada pela própria mãe ao “posto de tortura” para, sob suas vistas, ser submetida a três agulhadas nas perninhas, com a injeção de líquidos dolorosa. Em seguida, vem o choro. Um choro doído, profundo, sonoro. Na verdade, um grito de dor. Daqueles “esgoelados”, que doem na alma da gente. A criança, sentindo a picada, quer instintivamente tirar a perna, mas é contida pela mãe. E não é uma picada só, e “passou, passou”; são três: uma na esquerda e duas na direita…

O atleta cristão

Imagem
Todo aquele que quer ser um campeão precisa se abster de algumas coisas, ainda que sejam lícitas. O que é ilícito então, nem se fala. Caso contrário, antes mesmo de ser derrotado, já estará desqualificado. Alguns vícios, como drogas, fumo e álcool, e certas atividades que demandam muita energia são incompatíveis com a prática esportiva, pois podem debilitar o corpo e a mente. Mas nem só de abstinência se faz um vencedor. O atleta precisa se alimentar adequadamente e dormir bem, evitando todo tipo de excesso. Além disso, deve dedicar-se a uma rotina de exercícios pesados que não apresentam resultados imediatos, mas são indispensáveis ao bom desempenho nas competições. Uma dedicação esporádica, rápida, leve e sem compromisso não o levará a lugar algum. Sua boa forma física, seu peso e sua saúde são fatores fundamentais para o seu sucesso. O apóstolo Paulo escreveu aos cristãos de Corinto, na Grécia, onde já aconteciam os jogos olímpicos. Ele comparou o cristão ao atleta, dizendo:

Presentes de Deus

Imagem
“A riqueza e a honra vêm de Ti; Tu dominas sobre todas as coisas. Nas Tuas mãos estão a força e o poder para exaltar e dar força a todos”. (Todos os dias Deus nos oferece gratuitamente Suas dádivas e presentes. Mas será que os percebemos, recebemos e, principalmente, agradecemos? Recebemos vida, alegria, força, bondade, paz, risos, beleza, Sua doce presença e amor mesmo em meio às mais fortes e intensas batalhas. Além disso, muitos outros presentes nos são entregues a cada manhã por esse Grande Amigo. 1 Crônicas 29.12.

Precisa de ajuda na criação dos seus filhos?

Imagem
Criar filhos é um desafio em que todo cuidado é pouco. Educar requer amor, tempo, abrir mão de vontades próprias em favor do outro, dar bons exemplos. Ser bons pais é algo que se aprende diariamente, é um ato de escolha, respaldado por meio de uma vida de retidão perante Deus, oração e leitura da Bíblia. A partir dessas condutas, o Senhor poderá dar direções que certamente levarão pais que se prostram diante dEle a adquirir capacidade para tomar decisões corretas perante o desafio de educar seus filhos. Pais que se dobram ante o Criador verão seus filhos de pé!

Proclame a salvação, profetize!

Imagem
Ali estava um grande exército. Ou o que sobrou de toda sua imponência: os ossos! Espantosamente numeroso, porém inerte. Cheio de história, porém sem voz para contá-las. Sem os brados das vitórias, sem as lágrimas das derrotas, sem força, sem esperança. Um grande e silencioso exército de mortos. O que fazer quando a morte está instalada além de contentar-se com as lembranças do tempo vivido? Lembranças, pois os mortos só têm o passado. E, enfim, a aceitação do fim.

Proclame a salvação, profetize!

Imagem
Ali estava um grande exército. Ou o que sobrou de toda sua imponência: os ossos! Espantosamente numeroso, porém inerte. Cheio de história, porém sem voz para contá-las. Sem os brados das vitórias, sem as lágrimas das derrotas, sem força, sem esperança. Um grande e silencioso exército de mortos. O que fazer quando a morte está instalada além de contentar-se com as lembranças do tempo vivido? Lembranças, pois os mortos só têm o passado. E, enfim, a aceitação do fim. Foi no meio desse fim instalado que um homem ouviu um desafio: profetiza! Ele obedeceu e abriu sua boca, ousou quebrar aquele silêncio sepulcral. Falou com quem já não tinha ouvidos. Aquele homem creu contra as circunstâncias, profetizou vida e, surpreendentemente, com a ordem de sua boca, os ossos procuravam os seus pares, cresceram nervos sobre eles, carne e, sobre tudo, a pele. Onde havia um monte de ossos levantou-se uma multidão! Contudo, continuavam mortos. Então, o homem clamou, e Deus respondeu com um sopro, restitu…

Preocupação ou confiança?

Imagem
“Não andeis ansiosos por motivo algum; pelo contrário, sejam todas as vossas solicitações declaradas na presença de Deus por meio de oração e súplicas com ações de graça.” (Filipenses 4.6 – Bíblia King James) Quero começar esta mensagem com uma pergunta simples, cuja resposta pode parecer bastante óbvia: você prefere passar os dias com atitudes de preocupação ou confiança? Digo que a resposta pode ser óbvia pelo simples fato de que estar constantemente preocupado com alguma coisa não parece ser o estilo de vida que desejamos. Então, arrisco-me a afirmar que a grande maioria de nós prefere dias mais leves e cheios de confiança.

Nunca ou nunca mais

Imagem
Quase tudo pode ser prejudicial, se usado ou praticado em excesso, mas algumas coisas prejudicam ou até matam quando feitas uma única vez ou mesmo usadas em pequena quantidade. Adão e Eva comeram o fruto proibido apenas uma vez, e isso foi o suficiente para influenciar negativamente a história da humanidade. Não devemos subestimar o poder do mal. O desejo de experimentar pode ser uma cilada fatal. Alguns dizem: “Farei isto só desta vez, só hoje. Depois, eu paro”. Talvez não consigam parar ou até morram, fazendo da primeira vez a última.

O perigo do poder sem domínio

Imagem
“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra”. (Gn 1.26) Deus nos fez para dominar. O problema começou quando o primeiro homem não dominou seu próprio desejo. Hoje, o ser humano domina desde as feras até as naves espaciais, mas muitos não dominam a si mesmos. Esta é a parte mais difícil. Há quem queira dominar a vida alheia, mas vive desordenadamente.

Família e mídia

Imagem
Nós brasileiros somos provavelmente o povo que mais tem usado a mídia de forma errada. Expomo-nos e expomos nossos filhos. Detalhamos nossa vida e rotina individual e familiar nas redes sociais. Postamos fotos e vídeos sem levar em conta os riscos que corremos ao praticar tais hábitos. Fotos com uniforme da escola, fotos com a placa do carro, fotos da fachada da casa, com os locais de passeio etc. Não temos tido bons hábitos quanto ao uso dos meios massivos de comunicação. Passamos muito tempo diante da TV, nossos filhos vivem dependentes dos games e das redes sociais. Somos seres formados por hábitos, e, portanto, devemos cultivar bons hábitos desde muito cedo. Os pais têm uma responsabilidade muito grande em conduzir os filhos desde a mais tenra idade em segurança e bons caminhos.

Amor aos migrantes

Imagem
Vivemos numa época em que milhões de pessoas perambulam pelo mundo em busca de um meio de vida melhor e esperança. A Bíblia reconhece esta realidade. Ela traz histórias de guerra e triunfo, deslocamento e dor, frustração e esperança. Por toda a Bíblia, podemos ver que Deus se importa com os migrantes.

A Família bem Sucedida

Imagem
Texto:  “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína” (Mt 7.24-27).

Proclamação da República no Brasil

Imagem
No final da década de 1880, a monarquia brasileira estava numa situação de crise, pois representava uma forma de governo que não correspondia mais às mudanças sociais em processo. Fazia-se necessário a implantação de uma nova forma de governo, que fosse capaz de fazer o país progredir e avançar nas questões políticas, econômicas e sociais.

Vencendo o desânimo

Imagem
Como está sua disposição neste dia? Sente-se animado, disposto, feliz? Que Deus te sustente assim a cada manhã. Mas, se porventura, sente-se como se estivesse afundando em um pântano de desânimo e tristeza, saiba que o Espírito Santo quer ajudá-lo neste dia. Ele oferece todo auxílio e encorajamento que você necessita para prosseguir. Muitas vezes, em nossa caminhada, perdemos de vista as promessas de Deus para nós, e isso certamente nos desanima, pois pensamos que Ele se esqueceu de nós.

Qual a chave para a liberdade?

Imagem
Muitas pessoas estão preocupadas com a busca pela liberdade. Para uns, ela é a liberdade nacional, a emancipação de um jugo colonial ou neocolonial. Para outros, é a liberdade civil, de direitos e liberdades individuais. E para outros, ainda, é a liberdade econômica, a liberdade da pobreza, da fome e do desemprego. Mas, para todos nós, ela é a liberdade pessoal. Até mesmo aqueles que lutam mais arduamente por aquelas outras liberdades citadas em geral sabem que eles mesmos não são livres. Eles se sentem frustrados, insatisfeitos e sem liberdade. Certa vez o célebre novelista britânico John Fowles, quando lhe perguntaram se havia algum tema especial em seus livros, respondeu: “Sim. Liberdade. Como alcançar a liberdade. É a minha obsessão, todos os meus livros falam sobre isso”. Liberdade é uma grande palavra cristã. Jesus Cristo é retratado no Novo Testamento como o supremo libertador do mundo. Ele disse que viera “libertar os oprimidos” (Lc 4.18). E acrescentou mais adiante: “se o Fi…

O mito de querer completar-se

Imagem
É comum que as pessoas mais jovens, ainda solteiras, busquem alguém que lhes possa completar. Os antigos referiam-se ao parceiro como “a tampa da panela”, ou seja, aquele que vai encaixar-se no que falta, para que sejamos plenos. Isso é um equívoco. Um ser humano não pode completar outro. Somente Deus pode. Conheço inúmeras pessoas casadas que possuem um vazio no peito. Elas não se completaram no matrimônio. Muitos procuram saciar esse vácuo nas aventuras extraconjugais. Mas o fato é que o cônjuge não o completará. Somente Deus pode fazê-lo.

A oração simples

Imagem
Não existe oração errada. Aliás, a oração errada é aquela que não é feita. A Bíblia Sagrada ensina que se deve orar a respeito de tudo. Orar por qualquer motivo, qualquer hora, qualquer lugar, sempre que o coração não estiver em paz. Tão logo o coração experimente apreensão, preocupação, medo, angústia, enfim, seja perturbado por alguma coisa, a ação imediata de quem confia em Deus é a oração. O apóstolo Paulo diz que não precisamos andar ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, com ação de graças, devemos apresentar nossos pedidos a Deus, tendo nas mãos a promessa de que a paz de Deus que excede todo o entendimento, guardará nossos sentimentos e pensamentos em Cristo Jesus (Filipenses 4.6,7).

Oração fundamentada na Bíblia

Imagem
Precisamos aprender a como fundamentar todas as nossas orações e todas as nossas ações na Bíblia. Orar de acordo com a vontade de Deus (1 João 5.14) significa simplesmente fazer orações escriturísticas. Isso envolve reivindicar as promessas de Deus, suplicar os atributos de Deus, alinhar nossas orações aos mandamentos de Deus, e encher nossa adoração, confissão, ações de graças e súplicas com o texto da Bíblia. Que maneira extraordinária de aumentar a fé dos guerreiros de oração!

Ainda não é o fim!

Imagem
Não poucos cristãos ficam alarmados diante das tragédias dos nossos dias. Quer estejamos falando de catástrofes naturais, como o tsunami, ou de decadência moral, como a legalização do “casamento” homossexual, tais acontecimentos são vistos pelo povo de Deus como “sinais dos tempos”, como uma prova de que o fim do mundo está próximo. Tais cristãos, como diria o falecido Greg Bahnsen, fazem exegese de jornal, em vez de exegese das Escrituras, a única fonte segura acerca do futuro da humanidade.

Ó, morte, onde está a sua vitória?

Imagem
A Biologia é uma ciência admirável. Deve-se a ela a descoberta das leis que regem a vida. Dentro de sua área estão as chamadas ciências da vida: zoologia, botânica, medicina e outras. Compete a ela o estudo de coisas delicadas e complexas, como gametogênese, genética, embriologia, sexualidade, crescimento e metamorfose, envelhecimento e morte. A contribuição da Biologia cessa com a morte. Primeiro, porque a morte é de fato a cessação definitiva de todos os atos cujo conjunto constitui a vida dos seres organizados. Segundo, porque a Biologia não admite a ressurreição do corpo, nem como hipótese, já que é uma ciência e, como tal, depende da observação, da pesquisa, da análise, de instrumentos, de reações químicas e bioquímicas e de métodos estatísticos. A Biologia precisa ver e provar para crer. Ela não faz nada, não diz nada, não promete nada, se não tiver um microscópio.

Tudo deu errado!

Imagem
Quando esperamos em Deus, esperamos com uma certeza: não me frustrarei. Acontece que, muitas vezes, não é bem assim que acontece, e, quando percebemos, tudo deu errado. Quando os planos dão errados e nos sentimos frustrados, principalmente sentimentalmente, a dor é inevitável. Mas como é possível esperar em Deus e não me frustrar? Só nos frustramos sentimentalmente quando depositamos todas as nossas expectativas na certeza da realização dos planos do nosso coração. Quando idealizamos todo percurso da nossa vida sentimental com alguém sem antes ter a convicção de qual é a boa vontade de Deus para nós, aí então nossas vontades são interrompidas. É difícil entender por que algo dá errado quando todas as evidências nos apontavam positivamente.

Culto

Imagem

Deus é nossa provisão!

Imagem
Mais cedo ou mais tarde, todo homem de Deus precisará responder a uma importante pergunta: Quem é a minha fonte? De onde vem o meu sustento? Quem é que supre as minhas necessidades? Na hora do aperto, na hora da dificuldade, o que vai manter firme a nossa fé é a convicção que temos no coração se Deus de fato é ou não a nossa provisão! Quero compartilhar três motivos pelos quais Deus é a nossa provisão:

O consolo é maior que a perda

Imagem
Quando o assunto diz respeito à morte, se vê de quase tudo. Os mais temorosos batem três vezes à madeira e prosseguem a superstição com a frase “Isola”, ou “Misericórdia”, como se no rito houvesse poder para afastar o inevitável. Outros preferem fugir ao assunto, trazendo a roda de conversa temas ligados ao futebol ou algum assunto banal, onde todos possam discorrer sem ter que refletir sobre a existência. Sim! A morte traz em pauta a vida. E há aqueles, cuja trajetória já se encontra registros de algumas visitas daquela que ninguém deseja encontrar, talvez um amigo ou um familiar não mais presente.

A bênção da felicidade verdadeira

Imagem
“Portanto está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura” (Salmos 16.9) Vivemos dias nos quais são muitas as ofertas que tentam atrair nossa atenção para a felicidade tão sonhada e desejada pelo coração humano. Dinheiro, fama, status, casas, carros, pessoas e inúmeras coisas. Mas o homem tem esquecido que só pode ser plenamente feliz aquele que encontra a fonte da verdadeira felicidade. Há somente Um que pode nos fazer feliz por completo – Jesus. Com Ele, a felicidade se torna um caminho que trilharemos diariamente.

VOCÊ É A PORTA DA BÊNÇÃO PARA SUA FAMÍLIA

Imagem
Então todo o povo partiu, cada um para a sua casa, e Davi voltou para casa para abençoar sua família. (I Cr 16.43) Não sei se sua casa tem garagem, se tem canil, ou sistema de aquecimento à luz solar, ou banheira de hidromassagem... Pode ser que sua casa não tenha nada disso, mas uma coisa sua casa tem: uma porta de entrada.  Nossa casa tem duas portas de entrada, uma pelo rol que dá acesso à sala e outra pela cozinha, como a maioria das casas. 
Qualquer pessoa que queira adentrar a sua casa, logicamente, precisa passar pela porta. Lembro-me de quando estávamos reformando nossa casa e precisávamos escolher a porta de entrada. Há uma enormidade de modelos de portas, algumas muito belas e caras, outras bem simples. Porém, todas servem ao mesmo objetivo: permitir aos moradores o controle de quem e do que haverá de adentrar à casa. Quantas pessoas têm cópia da chave da porta da sua casa? Ninguém costuma transferir este tipo de poder.