Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Restaurando a Santidade

Imagem
O Apóstolo Pedro exorta aos cristãos da dispersão a se manterem firmes na fé e na santidade, demonstrando a eles o valor e a significância do sacrifício de Cristo, e a necessidade que eles tinham de buscarem o padrão de santificação e pureza baseado nas escrituras sagradas. Veja abaixo como restaurar a santidade:
1. Ser santo não significa o fato de termos opiniões e doutrinas teologicamente corretas, mas vivermos na prática da palavra de Deus. Rm. 12: 02.

Coração fortalecido, esperança renovada

Imagem
“Em ti, SENHOR, confio; nunca me deixes confundido. Livra-me pela tua justiça” (Salmos 31.1) Em tempos difíceis, apenas confiar e prosseguir às vezes parece ser penoso demais. O coração se abate, a esperança se vai, o desânimo bate à porta, tentando nos fazer desistir. Então, chega o momento de lembrarmos que ainda podemos fazer uma escolha melhor: falar com Deus, rasgar o coração diante Dele e, confiar!

Para comer o melhor

Imagem
“Se quiserdes e obedecerdes, comereis o bem desta terra” (Isaías 1.19) Qual cristão não conhece esse versículo? Ele decora capas de bíblias, vive pendurado na porta da geladeira e é, insistentemente, declarado para ninguém esquecer. Um versículo que abre a enfatizada teoria da prosperidade como uma chave indagando: quem quer comer o melhor dessa terra? Uma mensagem maravilhosa! Concordo, pois é a Palavra de Deus e toda Palavra de Deus é perfeita. Entretanto, trata-se de um versículo dentro de um contexto maior. Aliás, no meu ponto de vista, ele está dentro de um dos capítulos mais difíceis de assimilar como mensagem do Senhor. Uma repreensão severa. O versículo 19 não diz tudo o que Deus deseja falar neste texto. Existe um contexto, uma condição para que a promessa contida nele torne-se fato.

Tempo de quê?

Imagem
Quando se abre a Bíblia encontra-se um Deus comprometido com a história humana. Um Deus que ouve o clamor de um povo em sofrimento, um Deus que enxerga ovelhas sem pastor e se comove. Enfim, um Deus que ama. Há diversas intervenções divinas, misericordiosas, a fim de que haja alívio, libertação e salvação. Até que com o nascimento de Jesus, a encarnação do próprio Deus, a mensagem fica mais evidente – o verbo se faz carne (Jo 1.14), e tudo o que se via era graça e verdade.

O manual de Deus para a família

Imagem
Em todas as partes do mundo, milhares de famílias estão em crise. Os conflitos domésticos e os divórcios são cada vez mais frequentes, mesmo entre famílias cristãs. Com isso, o número de famílias arruinadas vem aumentando. Pessoalmente, sinto que há uma necessidade inadiável de voltar ao eterno livro, a Bíblia, para reaprendermos como Deus, o Arquiteto do lar, quer que vivamos em família. Afinal de contas, o Senhor é a autoridade mais qualificada no assunto, porque a família é sua invenção. Nunca podemos esquecer que Ele a constituiu como célula básica da sociedade e da igreja, e que ambas se fortalecerão à medida que suas famílias forem fortes.

Cinco colunas para a prosperidade familiar

Imagem
Estamos vivendo um tempo de avivamento familiar. A unção do Espírito Santo é palpável e temos experimentado o cumprimento da promessa de Deus para Abraão no livro de Gênesis 12:3.
Há uma história que diz que um judeu muito próspero ensinava o seu filho sobre 05 princípios para prosperidade, pois sobre ele havia a unção da prosperidade já que era um dos homens mais ricos de sua nação e era marcado por esses princípios. Falaremos sobre eles:
1. Amar a Deus “Amaras, pois, ao Senhor teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e com todas as tuas forcas.” (Dt 6:5)

Perdão e comunhão além do erro

Imagem
Depois de roubar na casa de Filemom, como geralmente se deduz (v.18-19)*, Onésimo fugiu para Roma, onde foi preso. Na prisão, conheceu Paulo, que o evangelizou (v.10). Agora, convertido e solto, retorna à casa do seu senhor por ordem do apóstolo. Da prisão, Paulo escreveu uma carta, pedindo que Filemom recebesse de volta o escravo como um irmão amado (Fm.12,16), a quem o apóstolo tratava como filho (v.10).

Oração – Diálogo que nos leva a Deus

Imagem
“Ó Deus, ouve a minha oração, inclina os teus ouvidos às palavras da minha boca” (Salmos 54.2) Como construir um relacionamento sem diálogo? Quem é capaz de viver por muito tempo sem se comunicar, falar, expressar sentimentos? Não consigo imaginar como isso seria possível. Essa é uma necessidade inerente à natureza humana, pois Deus nos fez assim com o propósito de que pudéssemos nos comunicar não apenas com outras pessoas, mas, principalmente, com Ele. E como fazemos isso? Como podemos desenvolver um relacionamento com nosso Criador? Há duas maneiras bem simples: nós O conhecemos por meio da Bíblia – Sua palavra que é a Verdade e também através da oração. O que poderia ser mais precioso do que falar com o Deus Soberano que, mesmo conhecendo tudo a nosso respeito, ainda assim tem prazer em dialogar com Seus filhos? Isso é realmente maravilhoso.

Humildade que promove a união da Igreja

Imagem
A humildade é o remédio para os males que atacam a unidade da igreja. A palavra grega tapeinophrosyne é um termo cunhado pelo Cristianismo. Humildade era uma expressão carregada de opróbrio no pensamento grego, tendo conotações de “servilismo”, como nas atitudes de um homem vil ou de um escravo. Quase sempre entre os escritores gregos, “humildade” tem um significado negativo. Entre o povo de Deus, porém, a humildade é um imperativo, pois “Deus escarnece dos escarnecedores, mas dá graça aos humildes” (Pv 3.34). “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes” (Tg 4.6) e o apóstolo Pedro ordena: “Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte” (1Pe 5.5).

Superando as dores que surgem na família!

Imagem
Uma família vivendo uma experiência de dor. Jairo quer vencer o problema da dor ao ver a filha curada.
I) No enfrentamento do problema sempre surgem obstáculos a serem vencidos:
*Primeiro obstáculo posição social. Jairo era o chefe da sinagoga: não lhe ficava bem permitir que sua fragilidade diante da doença fosse do conhecimento público.

A classificação dos anjos e suas funções

Imagem
Voltamos a abordar o estudo de angelologia em nossa série. O fascínio que é o estudo dos anjos se torna mais atrativo quando abordamos a classificação dos anjos e sua hierarquia no reino celeste. Os anjos são ainda figuras importantes em muitas outras tradições religiosas do passado e do presente, por isso para estudarmos a classificação dos anjos tomaremos como base a Bíblia Sagrada.
Anjos A palavra anjo é normalmente usada para abordar de forma genérica as criaturas celestes, mas é também expressão de uma das classes desses seres. Essa classe tinha a incumbência de servir como mensageiros de Deus.

O que é confissão?

Imagem
Não há nenhuma parte da Bíblia mais poderosa do que outra. Não existe nada nas Escrituras que deva ser jogado fora, posta de lado. A Palavra de Deus é completa e não podemos acrescentar e nem tirar nada. Portanto, precisamos conhecê-la. A Palavra diz que o nosso maior inimigo não é o diabo, pois Jesus já lidou com ele, já o derrotou na cruz do Calvário. Nosso maior inimigo é a ignorância. O Senhor mesmo disse por meio do profeta Oseias (Oseias 4.6a): “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento…”. Esse é o lamento do coração do Senhor. O conhecimento está na Bíblia, bem como a revelação. Por isso, precisamos pautar a nossa fé pelas Escrituras, pois ela é e sempre deve ser a base da nossa fé, do nosso relacionamento e conhecimento com o Senhor. O próprio profeta Oseias nos encoraja: “Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor(Oseias 6.3a).

Quando você deixa de ser o centro

Imagem
Conheço uma linda jovem que apesar do desejo de encontrar uma pessoa de Deus pra sua vida não se deixou abater pela espera. Claro, houve momentos em que ela se entristeceu, pode ter ficado um pouco ansiosa e outras até desanimada. Mas teve algo que ela nunca deixou de fazer: se alegrar com a alegria das pessoas ao seu redor. Eu mesma a vi ajudando, servindo e abençoando a vida de outras amigas que estavam namorando, estavam noivas e até casadas. Eu mesma a vi se dispor até para animar outras moças solteiras. E também fui alvo dessa generosidade e grandeza que carrega dentro dela.

A Tribulação Tem Data Marcada Para Terminar

Imagem
“Isto diz o primeiro e o último, que foi morto, e reviveu: Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que se dizem judeus, e não o são, mas são a sinagoga de Satanás. Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O que vencer não receberá o dano da segunda morte.” Ap 2.8-11

A Família bem Sucedida

Imagem
Texto:  “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína” (Mt 7.24-27).

Fundamentos do ministério profético

Imagem
“O Senhor Deus não fará coisa alguma sem revelar o seu segredo aos seus servos, os profetas” (Amós 3.7). No jardim do Éden Deus falava diretamente com Adão e Eva (Gn 2 e 3), mas o pecado deu início a um processo de afastamento entre o homem e Deus. Ele ainda falou com Caim, antes e depois da morte de Abel (Gn 4), mas, dali em diante, a comunicação de Deus com os homens foi se tornando cada vez mais distante, indireta e rara. Em muitas situações, em vez de falar com as pessoas, Deus lhes enviava um anjo, como aconteceu com Abraão e Ló. Embora Deus tenha falado com Noé, Abraão, Isaque e Jacó a Bíblia não diz que José do Egito tenha ouvido a voz de Deus alguma vez, mas a mensagem lhe chegou por meio de sonhos (Gn 37). Da mesma forma Deus se comunicou com Abimeleque (Gn 20.6), com Faraó (Gn 41) e com os seus servos: o copeiro e o padeiro (Gn 40).

Deus cuida de mim, Ele cuida de você!

Imagem
“Eu, o Senhor, a guardo, e cada momento a regarei; para que ninguém lhe faça dano, de noite e de dia a guardarei”. (Isaías 27.3) Ainda que possa parecer óbvio para algumas pessoas e improvável para outras, devemos nos lembrar que, como Pai, Deus está cuidando de cada um dos Seus filhos. Se você quer lembrar um pouco do histórico do cuidado de Deus, veja como Ele cuidou de Daniel e seus amigos na fornalha de fogo (Daniel 3); como cuidou do Seu povo na travessia pelo deserto (Êxodo 13); de José, quando esse foi desprezado e jogado em um poço pelos próprios irmãos (Gênesis 37); como Deus cuidou de Paulo quando perseguido e aprisionado por causa do Evangelho (2 Coríntios 11).

A superficialidade do amor romântico

Imagem
Vivemos num tempo chamado pós-modernidade. Tal momento é recheado de características singulares que não houve em outros tempos. Podemos destacar o imediatismo, o estresse, a rapidez da informação e, também, a superficialidade nos relacionamentos. É exatamente essa última característica – que por sinal é prejudicial – que queremos destacar neste artigo. A superficialidade do amor romântico é o que leva muitas pessoas a dizerem: “Não preciso de um pedaço de papel para provar que amo você”. Ou seja, o pensamento e a convicção que se tem é que o propósito de se casar e estabelecer uma família não contribui em nada para esse sentimento. E mais, esse aprofundamento na relação pode até prejudicá-lo, como se a ideia do casamento pudesse estragar toda essa euforia de um sentimento de paixão, que assemelha-se muito a um vento passageiro.

O imperativo da unidade cristã

Imagem
O apóstolo Paulo está preso e algemado na antessala do martírio, mas sua atenção não está voltada para si mesmo. Havia alegria em seu coração (Fp 4.4,10), mas sua medida ainda não estava cheia. Um grau mais elevado de unidade, de humildade e de solicitude em família podia completar o que ainda faltava no cálice da alegria de Paulo. Seu principal anseio não era a rápida libertação da prisão, mas o progresso espiritual dos filipenses. Sua alegria, não vem de suas condições pessoais, mas da condição da igreja de Deus. Mesmo preso, Paulo diz que a igreja de Filipos era sua alegria e coroa (Fp 4.1). Suas orações em favor dos cristãos filipenses eram orações alegres (Fp 1.4). Mas, agora, o apóstolo deseja que o cálice da sua alegria transborde e por isso ordena: “Completai a minha alegria, de modo que penseis a mesma cousa, tenhais o mesmo amor, sejais unidos de alma, tendo o mesmo sentimento” (Fp 2.2). Paulo não pode estar alegre enquanto o espírito de facção existir nessa generosa igreja…

A incerteza do amanhã

Imagem
A nossa maior preocupação hoje em dia não é tanto com o presente ou mesmo com o passado, mas, sim, com o futuro. Melhor dizendo, a incerteza em relação ao futuro. A angústia, o medo, a insegurança acabam tomando conta dos nossos pensamentos e de nossas ações quando pensamos no futuro, sobre o que pode ou não acontecer. Que faculdade fazer? Onde morar? Vou casar? O que faço da minha vida? Trabalho onde? E se nada der certo? O que faço amanhã? Vou ter condições de sustentar a minha família? Abro meu próprio negócio ou continuo sendo empregado? Devo ir para missões? O que eu faço ano que vem?

O que determina a necessidade de libertação?

Imagem
Para sabermos o que determinará a necessidade de passarmos por um processo de libertação, devemos considerar as seguintes questões:
 Discernimento de Deus.  Pessoas que vieram do espiritismo.  Pessoas que tiveram profundo envolvimento com sexo ilícito.  Persistência deliberada na prática de um determinado pecado.  Compulsão.

PAIS SEGUNDO O CORAÇÃO DO PAI

Imagem
Homenagear os pais não é apenas dizer um muito obrigado por tudo que representam, mas é demonstrar gratidão em cada olhar, em cada gesto, em cada atitude. É encontrar as palavras necessárias e mais lindas possíveis para amá-los na intensidade que merecem por tudo o que fazem por seus filhos. 
Ser pai é um ofício belo e árduo, e para exercê-lo com propriedade, é necessário ser um pai segundo o coração do Pai. É grande a responsabilidade que há sobre os seus ombros pela educação, formação de caráter, aprender diário e tudo que envolve a criação de um filho – dos primeiros passos, à primeira palavra, ao primeiro dia de aula na faculdade...

Maravilhosa graça

Imagem
O filho pródigo foi embora por direito, mas voltou pela graça. Graça é benevolência; é a boa vontade de Deus para conosco, sem obrigação de sua parte nem méritos da nossa. É o favor imerecido. Quando Adão e Eva pecaram veio o castigo. Entretanto, a graça se manifestou na promessa de um descendente para esmagar o inimigo e quando, num gesto inesperado de carinho, Deus fez roupas de pele para o casal (Gn 3). Logo depois, o pecado se multiplicou, provocando a ira divina. “Noé, porém, achou graça aos olhos do Senhor” (Gn 6.8). Esta benevolência se consumou na salvação por meio da arca. Antes que Sodoma fosse destruída, o favor divino se revelou na visita dos anjos que retiraram Ló da cidade (Gn 19).

Diga ao fraco: “Eu sou forte”

Imagem
Ser forte no dia bom é fácil! No dia em que sobra felicidade, sobra paz, sobram sorrisos. Mas, e nos dias maus? Aqueles dias de choros, incertezas, ansiedade? Só conseguimos dizer que somos fortes quando nossa força não está baseada naquilo que temos ou naquilo que somos, mas quando ela está baseada no Deus que servimos.

Plenamente satisfeito com Deus

Imagem
Aprender a se alegrar com pequenas coisas é uma dádiva divina.Somos bombardeados de propaganda todos os dias, o dia todo. Dizem que hoje em um dia recebemos a mesma carga de propagandas que alguém recebia em uma vida toda no século XIX. Pra vender alguma coisa na TV, revista, App, outdoor, etc… é inerente que se transmita uma mensagem logo no começo de que você está insatisfeito do jeito que está, e que consequentemente você precisa do produto que a propaganda está querendo vender.

REDE DE HOMENS E MULHERES

Imagem

Graça eterna para culpas modernas

Imagem
Naquele domingo, a classe de Escola Dominical foi tumultuada. Um rapaz dizia que, se tivesse que acreditar que existe um Deus, este seria prepotente e injusto. Para começar, dizia o rapaz, ele não me consultou se eu queria nascer ou não. E pior, ao me obrigar a nascer, ainda me coloca num paizinho subdesenvolvido, cheio de gente mais ou menos e, para piorar, escolhe para mim uma família pobre e cheia de problemas. Só pode ser brincadeira, concluía ele. Era para ser uma aula sobre “graça e graças” em Romanos: a iniciativa divina e a reação humana esperada. Mas a aula não fluiu porque as atenções foram todas sequestradas pelo rapaz. Era quase um clamor. “Que graça?”, dizia ele. Deus está em dívida comigo; deve-me muitas explicações! E logo se recuperava do deslize: isto é, se ele existisse. E arrematava: prefiro acreditar que sou um lixo cósmico, e que o destino não me favoreceu.

A importância das atitudes preventivas

Imagem
O objetivo deste artigo é orientar as Igrejas no sentido de como devem agir no que diz respeito à segurança não só dos trabalhadores, como também dos membros, colaboradores, obreiros e até mesmo dos visitantes em relação à segurança e salubridade dos ambientes de celebração dos cultos, orientando a respeito de insalubridade, periculosidade, danos morais e demais riscos que ultimamente vêm sendo constatados.

CELEBRANDO A SANTA CEIA DO SENHOR

Imagem

Qual o valor do Reino dos céus?

Imagem
As respostas de Jesus para as perguntas das pessoas sempre me surpreenderam. Algumas vezes achei que Ele estivesse dando voltas, outras imaginava que Ele estivesse mudando de assunto e não, de fato, dizendo o que o questionador gostaria de saber. Depois passei a acreditar que para algumas perguntas, a resposta era mais complexa do que se podia explicar.

Eu lhe criei, sei exatamente o que você precisa!

Imagem
“Preciso de óleo”, disse um monge certo dia. Então, plantou uma muda de oliveira. “Senhor”, pediu ele, “ela precisa de chuva para que suas raízes possam beber e propiciar o seu crescimento. Mande chuvas brandas”. E o Senhor mandou-lhe chuvas brandas. No entanto, ao acordar no dia seguinte, encontrou a plantinha morta. “Eu também plantei uma oliveira”, disse outro monge, “e veja como está viçosa! Eu confiei a minha planta a Deus, que a criou. Ele sabe, melhor que monges como eu, do que ela precisa, por isso, não estabeleci condições, meios ou maneiras. Apenas orei: “Senhor, manda o que ela precisa: chuva, sol, vento, neve… O Senhor a fez, o Senhor sabe”.

Você é o padrão de Deus

Imagem
O primeiro conflito de imagem surgiu no Éden. Num dia qualquer, a serpente conseguiu convencer Eva de que ela estava fora do padrão. Ali no Jardim, Eva achou que o certo seria ter o conhecimento do bem e do mal e, a partir daquele dia, o diabo começou sua estratégia de nos cegar, roubando nossa autoestima, destruindo nosso autovalor e minando a alegria e a paz de tantos filhos de Deus.