Socorro Seguro

Texto: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares; ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam” (Sl 46.1-3).

Introdução: Quem conhece Deus como Pai e ajudador, não precisa ter medo de nada.

1. Ele é nosso auxílio nos embaraços.
“E disse consigo: Ó Senhor, Deus de meu senhor Abraão, rogo-te que me acudas hoje e uses de bondade para com o meu senhor Abraão!” (Gn 24.12, 42-50).
Quando Eliezer foi a Arã, na Mesopotâmia, enviado por Abraão, em busca de uma esposa para Isaque, no meio de sua parentela, ele orou ao Senhor e Ele o respondeu desembaraçando o seu caminho e o fazendo bem sucedido em sua missão, ao trazer Rebeca. 

2. O nosso fiel sustentador nas necessidades.
“Foi, pois, e fez segundo a palavra do Senhor; retirou-se e habitou junto à torrente de Querite, fronteira ao Jordão. Os corvos lhe traziam pela manhã pão e carne, como também pão e carne ao anoitecer; e bebia da torrente” (1 Rs 17.5, 6).
Mesmo nas situações mais extremas, somos sustentados pelo Senhor. Elias experimentou a providência de Yahweh, Deus de Abraão. 

3. O nosso médico nas enfermidades.
“Estava ali um homem enfermo havia trinta e oito anos. 6 Jesus, vendo-o deitado e sabendo que estava assim há muito tempo, perguntou-lhe: Queres ser curado? 7 Respondeu-lhe o enfermo: Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; pois, enquanto eu vou, desce outro antes de mim. 8 Então, lhe disse Jesus: Levanta-te, toma o teu leito e anda. 9 Imediatamente, o homem se viu curado e, tomando o leito, pôs-se a andar. E aquele dia era sábado” (João 5.5-9).
Aquele homem estava doente na alma e no corpo, estava desistido e Jesus, em seu infinito amor o restaura, dando a ele a saúde física e emocional. 

4. O nosso consolador nas tristezas.
“Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se estiveras aqui, não teria morrido meu irmão. 22 Mas também sei que, mesmo agora, tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá. 23 Declarou-lhe Jesus: Teu irmão há de ressurgir. 24 Eu sei, replicou Marta, que ele há de ressurgir na ressurreição, no último dia. 25 Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; 26 e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente. Crês isto? 27 Sim, Senhor, respondeu ela, eu tenho crido que tu és o Cristo, o Filho de Deus que devia vir ao mundo” (Jo 11.21-27).
Jesus em sua infinita misericórdia, não só consolou o coração de Marta, como ressuscitou o seu irmão Lázaro.

5. O nosso auxílio no trabalho árduo.
“Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares” (Js 1.6, 7).
Josué, o sucessor de Moisés, tinha uma difícil tarefa, isto é, conduzir o povo até a terra prometida e a tarefa era árdua, porém o Senhor o ajudou e fortaleceu.
Confira a Palavra de Deus para o seu povo: “não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel” (Is 41.10).

6. Quem nos anima nas decepções.
“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Rm 8.28).
Podemos passar por aflições, crises e decepções, porém a instrução de Jesus é que sejamos animados. Veja: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16.33).

7. O nosso refúgio em qualquer situação.
“Mas agora, assim diz o Senhor, que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. 2 Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. 3 Porque eu sou o Senhor, teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; dei o Egito por teu resgate e a Etiópia e Sebá, por ti. 4 Visto que foste precioso aos meus olhos, digno de honra, e eu te amei, darei homens por ti e os povos, pela tua vida” (Is 43.1-4).
Somos filhos de um Pai amoroso que passa conosco em todas as situações da vida. 

Conclusão: Como é feliz aquele que tem o nosso Deus como o seu Pai. Veja o que diz o Salmo 46.10, 11: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio”.

Prs. Roberto e Lourdes
Fonte: http://www.montesiao.pro.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5