Confiando no Senhor em todo tempo

Foto: Internet
Enquanto conversava com uma amiga sobre as crises que o país enfrenta (política, financeira, desempregos, entre outras) e que, inevitavelmente, atinge a todos nós, ela dividia comigo suas preocupações e inquietações.
Aproveitando a oportunidade, compartilhei sobre a fé, confiança em Deus e a certeza de que Ele tem o controle de todas as coisas mesmo quando não percebemos. Então a ouvi dizer: “Sei que você tem razão, mas infelizmente não consigo ter a sua fé. Sinto paz quando vou à igreja, mas é difícil manter a fé aqui fora”.

Isso trouxe algumas reflexões e me fez perceber que, no meio do caos, da crise, das más notícias que temos todos os dias, realmente muitas pessoas têm desistido da fé, têm deixado de confiar em Deus e se distanciado do Criador.
E não confiar no Senhor é sintoma de distanciamento de Deus, pois quando exercitamos nossa fé, a confiança que temos Nele gera paciência. Essa fé e paciência só podem ser vistas e geradas em nós quando nos aproximamos de Deus, quando adquirimos intimidade com Ele por meio de um relacionamento diário.
É nesse relacionamento que O conhecemos, alcançamos o Seu coração e então descobrimos que somente Nele podemos confiar.
A Bíblia diz em Mateus 6.34: “Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal”. No entanto, essa quietude não pode ser entendida como inércia e paralisação diante das circunstâncias.
Significa que confiaremos em Deus para suprir nossas necessidades. Significa que nossas ações serão direcionadas pelo Espírito Santo e que Ele é quem nos guiará no caminho certo. Ele nos mostrará a saída. Descansar em tempos de crise talvez seja uma das tarefas mais difíceis, mas é totalmente necessário colocarmo-la em prática.
A segunda parte do Salmo 62.2 na versão King James Atualizada que diz: “Só Ele é minha rocha e salvação, meu baluarte. Ele jamais me deixará desesperar!”, contém algo que tenho aprendido e gostaria de compartilhar com você, amado leitor: o desespero é mau conselheiro.
Quando estamos desesperados, agimos por impulso, agimos pelo que vemos no momento e, muitas vezes, o único resultado que alcançamos é ter que lidar com consequências não desejadas.
Melhor é aquietar-se no Senhor, orar, falar com Deus sobre nossas angústias e frustrações, ler a Sua Palavra, confiar e então permitir que Ele nos dê a orientação para cada situação. Pois Ele nunca falha. Confiar no Senhor revela maturidade e crescimento.
Que nos tempos de crise Deus aumente nossa fé. Que ousemos confiar no Senhor, entregar a Ele tudo que nos aflige, e então, poderemos declarar como o salmista: “Ele é meu refúgio e minha fortaleza, o meu Deus, em quem deposito toda a minha confiança” (Salmos 91.2).

Por Denise Tomaz de Souza – Colaboradora do Portal Lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA