VENCENDO AS OBRAS DA CARNE

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei.” (Gálatas 5:19-23)

Você, como alguém que nasceu de novo, que crê que vai para o Céu, que é salvo, seu compromisso é com o seu espírito e não com a sua carne. Isso implica em travar uma guerra ferrenha com a natureza pecaminosa e com o inimigo das nossas almas: o diabo. Portanto, você não é o que pensa que é, porque você não é o que vê nem o que interpreta que é. Você é muito mais do que vê e imagina, quando não dá vazão às obras da carne. 

Cada filho recebe uma missão da parte de Deus. Você é espírito, possui uma alma e vive em um corpo. Você é exatamente o seu espírito. A Bíblia diz que o corpo volta para o pó, mas o espírito volta para Deus (Eclesiastes 12:7). Então, você é criação de destino, veio do Céu e voltará para lá. Você é peregrino nesta Terra, está de passagem no Planeta, não é permanente aqui. 

Contudo, apesar de não ser permanente nesta Terra, a Bíblia diz, no Salmo 8, que o homem é a coroa da criação de Deus. Como criação de Deus, se não vivemos pela carne, satisfazendo as obras da carne, um dia nos encontraremos com Deus, com o nosso Criador. E, para isso, não podemos ser como Acã: Ter e guardar muitos entulhos na vida escondidos debaixo da capa. 

Acã foi um homem que morreu com sua família e descendente, porque não resistiu às obras da carne. Quando viu uma capa babilônica que lhe chamou a atenção, roubou-a e guardou-a consigo, trazendo prejuízos ao povo de Israel (Josué 7). 

Só que o problema não é Acã morrer, como relata o texto bíblico, mas o juízo que ele estabelece para toda a geração e os seus descendentes. A Bíblia diz que Acã não morreu sozinho, mas com toda a geração e descendentes. Todos sofreram por causa da sua inadimplência espiritual. Deus havia dito que não deveriam tomar o despojo de guerra, e ele desobedeceu. 

Quando nós temos argumentos debaixo da capa, os descendentes biológicos e espirituais sofrem todas as consequências da capa maligna que colocamos para tentar esconder o que mais cedo ou mais tarde ficará claro. Precisamos ser encorajados para arrancar a capa e não permitir que nada fique escondido em nossas vidas, para que a família não seja prejudicada. Precisamos de libertação. Precisamos abandonar as obras da carne e viver pelo Fruto do Espírito (Gálatas 5:22,23). 

O que está debaixo da sua capa? 

O que você guardou debaixo da sua capa? Talvez você nem saiba que possui uma capa. Mas, às vezes, estamos guardando, debaixo da capa, coisas, situações, como se fossem despojo de guerra. Que tipo de guerra você se envolveu e para quem você guerreou? 

Precisamos ser consolidados no espírito e não na carne, porque somos homens de Deus, somos espirituais. O nosso compromisso e a nossa seriedade precisam ser conhecidos por todos. A nossa essência é de ministros do Evangelho do nosso Senhor Jesus, o Cristo. Nossa essência tem que ser inegociável. 

O diabo não pode roubar nossa essência espiritual porque é a única parte boa, é a riqueza boa que temos: a parte de Deus em nós. Não temos nada de bom de nós mesmos. Tudo o que temos é para o louvor da glória do Senhor. Não construímos nada de nós mesmos, tudo é para o louvor da glória do nosso Deus. 

A cada dia, devemos buscar viver para não satisfazer a nossa carne, mas viver no espírito pelo Espírito de Deus e, assim, nosso proceder será irrepreensível. Não fomos chamados para alimentar a carne, nem para ser alimento da serpente. 

Portanto, lutemos cabalmente contra as obras da carne que são: 

. Adultério;

. Prostituição;

. Impureza;

. Lascívia;

. Idolatria;

. Feitiçaria;

. Inimizades;

. Porfias;

. Emulações;

. Iras;

. Pelejas;

. Dissensões;

. Heresias;

. Invejas;

. Homicídios;

. Bebedices;

. Glutonarias;

. e coisas semelhantes a essas. 

A Bíblia nos adverte a não viver cedendo a nenhuma dessas obras, antes, devemos lutar para vencê-las. 

Como vencer a carne 

Somente alguém que busca santidade vence a carne que nos assola diariamente. O homem santo vence a carne, a carnalidade, o pecado, porque sabe que não depende dele mesmo, mas de Deus. Vence porque vive os Princípios. As pessoas que vivem os Princípios não se deixam enganar pelas obras da carne. 

Seja santo e vença a carne, declarando a sua fé e vivendo um estilo de vida condigno com o Reino. Quando você alimenta mais o seu espírito que a sua carne, a vitória sobre as obras da carne é uma certeza. Um homem de fé e uma mulher de fé podem mudar a história, por mais terrível que seja, na direção deles, quando têm a história consolidada dentro de si. Então, vencem qualquer tipo de abuso da parte espiritual da maldade. 

Você consegue vencer a carne quando está sob uma cobertura segura, sadia, santa. Viva para Deus intensamente. Mas não viva intensamente para Ele apenas quando estiver na Igreja, na Célula, com outros irmãos, três vezes na semana... Não! Viva intensamente para Deus todos os sete dias da semana, os 30 dias do mês, os 365 dias do ano. 

Viver em santidade e viver intensamente para Deus no trabalho, em casa, na faculdade, na escola, no shopping, em todos os lugares e momentos e não apenas na Igreja, na Célula, garante a você estar sempre em cobertura segura e sadia. Em outras palavras, você precisa servir a Deus de verdade. Saber que é homem de Deus, que é mulher de Deus e que precisa viver como príncipe e princesa do Senhor. O homem de Deus tem a essência de Deus e vive guardado por Ele, não vive satisfazendo as obras da carne. 

O homem que vive no espírito está em cobertura segura. Este livra sua rota da carne e se consolida no espírito. Precisamos de pessoas que tenham o Fruto do Espírito em suas vidas. Quem tem o Espírito Santo é transformado a ponto de as pessoas que caminham ao seu redor, também serem transformadas. 

Deus quer nos dar a bênção de não permitirmos que as obras da carne tenham mais poder do que o viver no espírito em nós. Viver em santidade, pelo Fruto do Espírito, é a garantia que temos de que viveremos para Deus, agradando-O em toda nossa forma de viver.

Fonte: MIR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5