Seja exemplo honesto e sincero

A Palavra diz que não devemos nos envergonhar da nossa fé. 1 Pedro, capítulo 4, verso 16: “Mas, se sofrer como cristão, não se envergonhe disso; antes, glorifique a Deus com esse nome”. Precisamos levar a nossa fé às últimas consequências, sofrer como cristão não é vergonha, mas uma honra, conforme registrado na Palavra. Em toda e qualquer situação manifeste o seu amor sincero pelo Senhor. Em Mateus 5.16 Jesus diz assim: “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” Note que ele diz que a luz brilha diante dos homens, e não diante dos anjos, arcanjos, querubins, mas dos homens.

Desenvolvei a salvação querido. Não é o tempo que vai fazer você amadurecer, mas é a sua escolha, o esforço para crescer na fé, para ser exemplo verdadeiro, à imagem e semelhança de Deus. Devemos buscar viver sempre uma fé sincera, testemunhando Jesus, o Cristo. Estamos nesta Terra para cumprirmos a vontade do Senhor, o chamado que Ele deu a todos nós é: “ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16.15).
E agora Mateus, capítulo 10, verso 16, Jesus nos diz: “Eis que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos; sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas”.
Quem sabe no seu trabalho você seja o único(a) que conhece o Senhor. É a única ovelha cercada por lobos por todos os lados. Trabalhe para o Senhor, fale daquilo que Ele fez na sua vida, seja sincero, as pessoas percebem quando alguém está sendo leal e verdadeiro, cumpra o seu ministério na obra de Deus. O ide é para todos, você pode ser luz na sua casa, no seu trabalho, na sua escola, onde quer que esteja, seja luz. Fale de Jesus, se não for possível falar, testemunhe sua fé, nas suas atitudes outros verão a Deus.
Não é fácil, muitas vezes a cruz será pesada, mas inspire-se no Senhor. A Palavra diz que Ele em troca da alegria que lhes estava proposta suportou a cruz (Hebreus 12.2).
E disse ainda: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16.33). Que possamos seguir o exemplo de Jesus.
Por isso, precisamos guardar o nosso coração para não nos contaminarmos com as atitudes deste mundo. Porque precisamos ser luz, testemunhar Cristo por meio da nossa vida. Isso não significa que não possamos ir a uma praia, tirar férias, não é isso. Deus fez o mar, a água para o nosso deleite. Estamos no mundo. O navio foi feito para estar no mar, mas o mar não pode entrar no navio. Estamos no mundo, mas não pertencemos a ele.
Busquemos a restituição da comunhão com o Senhor, a alegria da Salvação. Que possamos chorar com os que choram e nos alegrar com os que se alegram. Vivenciar a fé até as últimas consequências. Quando celebrar a Ceia, entregue-se diante do Senhor, diga para ele que esta é a vida que deseja viver. É tempo de restauração, compartilhe dessa bênção. Viva a abundância; você faz parte do Corpo de Cristo. Viva apaixonadamente pelo Senhor, que Ele em todo o tempo seja o seu primeiro amor. Se Jesus não é o primeiro, ele nunca será o segundo. A Palavra diz: “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras”. Viva essa realidade!
“Senhor, vivifica em cada coração a realidade de viver como um peregrino. Que durante a caminhada jamais se esqueça de quem é, da verdadeira identidade que possui em Cristo Jesus. Pai, que os valores sejam os da eternidade, vivendo honrando o Senhor, tomando posse do lugar de filho amado e querido do Pai, a qual pertence, no precioso Nome do Senhor, amém!”
Deus abençoe!

Pr. Márcio Valadão

Fonte: Lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA