Sucesso

reconhecimento profissional
Ser uma pessoa bem-sucedida não é pecado, mas também não é um milagre. Acredito que isso tem mais a ver com cada um de nós, com a aplicação das habilidades mentais, físicas e espirituais que Deus nos deu, do que somente com Deus e, muito menos, com a sorte (particularmente, não acredito em sorte ou azar). Acredito que Deus deseja que todos sejamos bem-sucedidos! Mas você pode me perguntar: “Então por que nem todas as pessoas são bem-sucedidas?”. Esse sucesso está relacionado com nossa fé, trabalho, escolhas, decisões e associações. Agora, por favor, não associe ser bem-sucedido, com apenas ter riquezas. Tem pessoas que são tão pobres, que a única coisa que tem é dinheiro! Muitos ricos pelo mundo não têm fé, sonhos, família, relacionamentos, humanidade, humildade, generosidade e caráter. Será que isso é ser bem-sucedido? Acredito que não! Pessoas assim são infelizes e os bem-sucedidos são pessoas felizes, bem-aventuradas! Ser bem-sucedido, realmente próspero, é algo muito maior e tem a ver com grandeza de espírito e o desfrutar de prosperidade se torna uma consequência; como foi profetizado por Isaías 1.19: “Se vocês estiverem dispostos a obedecer, comerão os melhores frutos desta terra”.

Entenda, que no mundo há muitas maneiras de definir sucesso, como por exemplo, por meio do dinheiro, status, poder, influência, cargos, promoções, que avaliam a questão de forma parcial. Uma medida importante para o sucesso é o impacto e a influência que indivíduos exercem sobre as pessoas à sua volta, seja no ambiente de trabalho, na comunidade ou em seus lares, e o legado que deixará para as próximas gerações. Não existe verdadeiro sucesso sem o poder da afluência e da influência. Você nunca terá sucesso sem legado. Recentemente, o mundo perdeu Steve Jobs, um homem que foi muito mais do que rico e poderoso, ele foi uma pessoa de sucesso e seu legado continua abençoando o mundo! Em outras palavras, sucesso é a diferença que a vida de alguém faz na vida de outras pessoas.
Analisando historicamente (e espiritualmente), poucas pessoas exerceram impacto tão grande quanto o apóstolo Paulo, o antigo Paulo de Tarso, cuja vida e escritos são apresentados no Novo Testamento da Bíblia. Ao final de sua vida, ele colaborou para que a fé cristã se espalhasse por todo o Império Romano, embora, viajasse a maior parte do tempo a pé. Imagine o que ele teria realizado se dispusesse de um jatinho, celular e notebook! Embora muitos de nós dediquemos a nossa vida para alcançar objetivos na esfera profissional e nos negócios, creio que a vida de Paulo oferece lições que podemos aplicar à nossa própria vida. Estas são as chaves para uma vida bem-sucedida:
• Senso de direção. Para obter sucesso é importante você saber para onde está indo, quais suas metas e objetivos. “Corro direto para a linha de chegada a fim de conseguir o prêmio da vitória” (Filipenses 3.14 – NTLH).
• Contentamento. Capacidade de lidar com circunstâncias inesperadas e se colocar acima das adversidades. “Aprendi o segredo de estar satisfeito em toda e qualquer situação” (Filipenses 4.12).
• Comprometimento. Ao iniciar um empreendimento, atingir sucesso requer disposição para perseverar diante de dificuldades e desafios: “Mas eu não dou valor à minha própria vida. O importante é que eu complete a minha missão e termine o trabalho que o Senhor Jesus me deu para fazer” (Atos 20.24 – NTLH).
• Compaixão. Como Paulo permaneceu sensível às necessidades das pessoas ao seu redor, ele sentiu com o coração do outro e teve empatia com as pessoas a sua volta. Assim, também devemos nos esforçar para proteger os interesses dos que trabalham conosco. “Ainda que eu tenha… todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, se não tiver amor… nada disso me valerá” (1 Coríntios 13.2-3).
• Fé contagiante. Líderes de sucesso acreditam sinceramente em sua missão e seu entusiasmo é contagioso. “Com a força que Cristo me dá, posso enfrentar qualquer situação” (Filipenses 4.13 – NTLH).
• Serviço ao próximo. Líderes egocêntricos geralmente têm mandatos curtos. O líder dedicado a servir aos outros, auxiliando-os a atingir suas metas, é aquele que encontra seguidores dispostos. “Vou ficar contente em gastar tudo o que tenho e até a mim mesmo para ajudá-los” (2 Coríntios 12.15 – NTLH).
• Persistência e perseverança. O adágio nos lembra: “O importante não é como você começa, mas como termina”. Certamente, isso era verdade para Paulo. “De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos” (2 Coríntios 4.8-9).
Experimente aplicar estas qualidades em sua própria vida e veja o resultado. Também e faça uma honesta reavaliação de sua vida até aqui. É possível que você sinta ser um fracasso, um verdadeiro derrotado. Mas de fato você não o é. Na verdade, você somente será um fracasso se desistir! Talvez, você esteja se sentindo um campeão. Contudo, suas conquistas podem ser tão pequenas e fúteis, ou você usou meios questionáveis para atingi-los que vergonhosamente isso não o torna tão vencedor. Reavalie suas palavras e atitudes. Seja uma pessoa verdadeiramente bem-sucedida. E não se esqueça, você nunca será um fracasso até que você desista de lutar.

Carlito Paes
Fonte: Lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA