Médico pesquisador afirma que “para ter uma vida longa e saudável” a fé é mais importante que exercícios


Os efeitos benéficos da fé para uma vida longa e saudável foram novamente destacados por um pesquisador britânico que publicou um artigo sobre o tema. “Para ter vida longa, tenha fé em Deus”, resumiu Richard Scott.

Scott é um cristão e médico familiar que recentemente enfrentou um extenuante tratamento de radio e quimioterapia contra um câncer no intestino. Durante o tratamento, leu um estudo acadêmico de 700 páginas intitulado “Religion and Health” (“religião e saúde”, na tradução do inglês) e chegou à conclusão de que a influência positiva da fé na saúde é “extraordinária”.
O artigo de Scott foi publicado no British Journal of General Practice deste mês, segundo informações do jornal inglês Telegraph. No texto, o médico afirma que a fé contribui mais para uma vida longa e saudável do que o hábito de praticar exercícios físicos regularmente.
A “fé em Deus”, segundo Scott, pode reduzir em até 60% o risco de um ataque cardíaco e ajudar na melhora de um paciente que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) ou que se recupera de um tratamento contra o câncer.
Na área da saúde mental, as estatísticas são ainda mais chamativas. Pacientes que sofrem de depressão se recuperam mais rapidamente quando têm fé, e os que sofrem de esquizofrenia têm maior qualidade de vida. Nos casos de abuso de álcool e drogas, a fé ajuda a reduzir o consumo das substâncias, diz o texto de Richard Scott.
A “Fé em Deus”, diz o médico, “é relevante para todas as doenças já estudadas”. Essa crença poderia ser, como muitos hoje em dia definem, ilusória, mas o efeito benéfico é real, com os pacientes demonstrando “maior felicidade, autoestima, otimismo e sentido na vida”, concluiu.
Fonte:noticiasgospel


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5