SANTIDADE: Diga não a murmuração

Números 13:26, 14:1-11
A Santidade precisa ser acompanhada de palavras santas. Palavras de Vida, que refletem gratidão ao Senhor todo poderoso. Nada é tão desastroso para uma pessoa do que ter uma boca que destila palavras de murmuração. No caso de Israel, a murmuração trouxe prejuizos terríveis, produzindo quarenta anos de deserto, peso sobre a família e a perda da promessa. Decidir por viver em santidade nas palavras vai lhe garantir acesso a toda herança que o Deus eterno tem para você. Acredite que depois de hoje uma nova realidade se estabelecerá sobre a sua vida. Retire a murmuração de sua história. 

1 – Retiramos a murmuração quando confiamos nas promessas do Senhor.
Moisés, debaixo de uma direção de Deus, enviou doze espias para ver a terra. Acredito que Deus queria que eles vissem a beleza do lugar, suas riquezas vegetais e minerais e as novas possibilidades que o Senhor havia lhes preparado.Eles viram todas as belezas da terra, mas focaram seus olhos nas dificuldades. Muitas vezes agimos da mesma forma, esquecemos das promessas do Pai e colocamos nossa visão nos desafios. É nessa hora que você pode vencer a murmuração: não olhe para o problema, olhe para as bençãos que o Pai tem lhe preparado. Treine-se diariamente a ver a benção e não a dificuldade. Não reclame do trabalho, agradeça a Deus por estar trabalhando, não reclame do salário, procure administrar bem as suas finanças, não pragueje contra seu filho, construa a personalidade dele com palavras de benção e com orações, sendo sempre grato por ter filhos.

2 – Retiramos a murmuração pela associação certa.
Você será o resultado das suas associações. Essa é uma lei muito antiga, seremos como aqueles com quem nos associamos. Os anjos que se associaram com satanás se tornaram iguais a ele, quando Judas se associou aos Judeus se tornou como eles. O caso do povo de Israel foi muito triste pois decidiram não se associar ao líder Moisés, mas se voltaram para os dez espias que infamavam a terra, e começaram também a amaldiçoá-la. Esse foi um terrível erro que trouxe consequências sobre as suas vidas e sobre a vida de seus filhos. Veja o que diz o texto de números 14:32-33, essa tem sido a realidade de famílias que decidiram pelas rotas de murmuração. Tome a decisão de nunca andar com murmuradores, seja sábio em discernir as pessoas, se possível até exortá-las para que parem de murmurar. Se elas se arrependerem estarão guardando a sua santidade e a sua conquista.

3 – Retiramos a murmuração olhamos os sinais a nosso redor.
É certo que muitas vezes somos açoitados pelas lutas, como um barco em alto mar, mas é nessas horas que devemos nos disciplinar a ver as bençãos que foram e continuam sendo liberadas sobre a nossa vida. Se de um lado, como falei acima, precisamos focar na benção que virá, por outro lado é nosso dever olhar para o que Deus tem feito em nossa história. Em números 14:11 Deus pergunta a Moisés, até quando não crerá em mim, apesar de todos os sinais que fiz no meio dele? Note que Deus gosta de ser celebrado por aquilo que Ele tem feito em nossas vidas, por causa disso temos tantas festas estabelecida na bíblia. Temos o shabat (sábado)- a festa semanal em família-; as festas de páscoa, pentecostes, tabernáculos e hanuká, que são festas anuais. Em cada uma delas devemos agradecer ao Senhor por tudo que temos alcançado. Fazendo assim não teremos tempo em nossas agendas para reclamarmos ou murmurarmos. Assim manteremos uma perspectiva constante de vitória em nossa vida.

Fonte: http://www.mib12.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5