Honra teu pai e tua mãe: Como honrar pai e mãe quando discordamos deles

Um dos 10 Mandamentos dados por Deus a Moisés no Monte Sinai foi: “Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.” (Êxodo 20:12).

Veja bem, o mandamento não foi “honra a teu pai e tua mãe SE eles forem legais com você”, ou ainda, “honra a teu pai e tua mãe QUANDO eles estiverem com a razão”.

O mandamento foi pura e simplesmente: “honra a teu pai e tua mãe”.

Honrar é muito mais do que obedecer. É apoiar, não criticar e nutrir um profundo respeito por aqueles a quem Deus conferiu a autoridade sagrada de pai e mãe.

Alguns pais, entretanto, exercem um controle demasiado sobre as ações dos filhos, limitando sua capacidade de escolha. São, na maioria das vezes, motivados por uma preocupação exagerada com o bem-estar dos filhos, combinada com uma certa dose de insegurança.

Todos nós teremos que lidar, em algum momento de nossas vidas, com pais e mães autoritários, seja na qualidade de filho, professores, amigos dos pais ou dos filhos. O que fazer nessa situação?

Liste as coisas que esse pai ou mãe faz para ajudar os filhos

Seja preciso! Liste todos os atos diários de sacrifício e bondade praticados por eles.

Procure saber mais sobre esse pai ou mãe

Quais são os deveres e responsabilidades que ele possui em casa, no trabalho e na comunidade. Assim você conseguirá ter uma ideia mais do peso que essa pessoa carrega em seus ombros.

Respeite-os, mesmo que não sejam perfeitos

Criticar e deixar de apoiá-los fará somente com que se sintam ainda mais inseguros.

Expresse gratidão e amor por meio de palavras e atos

Se não tiver coragem de se expressar verbalmente, escreva uma carta ou bilhete de agradecimento. Se não encontrar as palavras corretas, deixe um doce com um bilhetinho escrito “obrigado por tudo, pai/mãe” em algum lugar que você sabe que ele irá encontrar.

Se não tiver nada de bom para dizer, então, não diga nada!

Se perceber que o debate irá começar a transformar-se em uma discussão, peça licença e diga que irão retomar o assunto mais tarde, quando os dois estiverem com a cabeça fria. Nunca conseguimos dizer nada de bom quando estamos tomados pela raiva.

Certa ocasião, Karl G. Maeser subia os Alpes com um grupo de jovens. Atravessaram uma montanha muito grande a pé. Ao longo do caminho, existiam longas varas enfiadas na neve, a fim de que as pessoas pudessem cruzar a geleira em segurança.

Com essa experiência, ele deseja ensinar àqueles rapazes que as pessoas a quem Deus deu autoridade sobre nós são, muitas vezes, como aqueles pedaços de madeira enfiados na neve para indicar o caminho seguro a seguir.

Eram estacas feitas de madeira comum, talvez algumas fossem até meio tortas, mas a posição que ocupavam é o que fazia toda diferença.

Os pais são seres humanos e, portanto, sujeitos a todo tipo de imperfeições. Mas, foram investidos de autoridade divina para cuidar e guiar os filhos de volta à presença do Pai Celestial em segurança. Merecem todo o respeito e as mais altas honras que um filho pode oferecer.

Por Marilia Condé Aguilar
Fonte: http://familia.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA