Decida sarar suas feridas

Quando estamos feridos, focamos nos erros que as pessoas cometeram conosco. Somos tão duros com os outros e tolerantes com nós mesmos: “Por que ninguém acredita no meu potencial?”. “Por que fui atacado desse jeito?”. “Por que sou tão incompreendido?”
Esses momentos testam nossa fé, em quem cremos verdadeiramente. Não havia me sentido tão testada até passar por isso. Tantas perguntas vieram à minha cabeça: “Por que isso?”. “O que fiz para passar por isso?”. “Meu Deus, o que falam sobre mim é uma mentira”. “Será que o Senhor me ama mesmo assim”?

Às vezes, sinto que queremos um evangelho sem Jesus, porque se quiséssemos Jesus seguiríamos Suas pisaduras. Jesus não veio para ser bajulado, para ser o “coitado”. Ele veio com um propósito de obedecer a Seu Pai. De nos reconciliar com Deus sem receber nada em troca, somente por amor. Se quisermos ser como Jesus, seremos feridos também, caluniados, teremos um fardo para carregar e amar as pessoas que erram conosco. Mas nem dá para imaginar também o galardão que Deus nos dará!
Essa experiência que tive foi uma das mais dolorosas que já passei como cristã. Doei tempo, finais de semana, me dediquei aos outros, mas também aprendi que à medida que os relacionamentos se aprofundam, conheço mais aqueles que estão ao meu lado. Não é assim dentro de nossa casa ou quando nos casamos? Há amor, porém, às vezes nos estranhamos e nada caminha bem até que fiquemos “de bem” outra vez.
Quando decidi obedecer a Deus e me curar Nele, me senti feliz, renovada, mais leve, e voltei a sonhar. Aquilo veio, mas passou, e garanto que se você estiver passando por isso e entregar toda a sua dor a Deus, essa fase também vai passar para você. Não vale a pena dar lugar ao rancor e se desviar. Não vale a pena por nada!  O rancor deixa as pessoas infelizes, doentes, e elas passam a reclamar de tudo. Elas perdem a beleza da vida, esse dom tão bonito de Deus.
Vale a pena deixar o orgulho de lado para ver Deus agir. O Senhor pode mudar a circunstância que um dia o feriu, mas o primeiro passo rumo a essa mudança depende de você. Certa vez, uma criança disse assim: “Mãe, é verdade que fulano não vai mais a igreja por causa de sicrano? A mãe disse: “Sim, é verdade”. Então, a criança perguntou: “Mas o que Deus tem a ver com isso?”.
Deus é fiel a todo o tempo, O sentia me dizendo: “Você tem uma esperança. Você tem a mim”. Se você estiver passando por isso, seja por uma decepção, uma luta dentro do seu ministério, uma ferida na alma, entre outras situações, decida mudar. Decida por Jesus, hoje. Decida se curar. Decida se reconciliar e ajudar outros a fazerem o mesmo.

Fotos: Internet
Jaqueline Sales
Fonte: lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas