Como vai a educação no Brasil?

A resposta é: não vai nada bem. Quem mora na Região Sudeste, muitas vezes, não tem conhecimento da real dimensão da desigualdade educacional do Brasil. Você sabia que no Sudeste, 59,7% dos jovens conseguem concluir o Ensino Médio até 19 anos? Na Região Norte apenas 36,6% termina essa etapa até os 19 anos (Fonte: IBGE 2010). Ou seja, de cada 10 jovens nortistas, menos de 4 chegam a concluir o Ensino Médio.

Segundo a ONU, o Brasil possui a terceira maior taxa de abandono escolar no mundo. O Brasil é o 8º país com maior taxa de analfabetismo entre adultos. São 12,9 milhões de analfabetos com 15 anos ou mais. Sem falar na qualidade da educação e também no analfabetismo funcional, pois as estatísticas consideram alfabetizados quem assina o nome ou frequentou as séries iniciais. Portanto, sabemos que muito precisa ser feito em nosso país. Como brasileiros e cristãos é importante estarmos cientes da situação do Brasil e não escondermos a cabeça no buraco como faz a avestruz.
Você sabia que a Escola Dominical nasceu com a preocupação primeira de alfabetizar? Os cristãos têm essa herança, pois amamos os livros, sobretudo, a Bíblia. O analfabetismo não só impede que muitos brasileiros desfrutem da leitura, mas também que eles leiam a Bíblia. Se Deus deixou Sua Palavra registrada por meio da escrita, então Ele quer que todos a leiam. Assim, os dados do analfabetismo revelam também uma situação espiritual que precisa ser mudada. Por fim, se você lê e entende este artigo – não é analfabeto –, certamente precisa se engajar em algum movimento de mudança dessa realidade estatística. Comece orando, mas se proponha também a agir como indivíduo e como igreja de maneira efetiva.
 
Por Hélvia Brito – Pedagoga e professora.
Fonte: lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas