Você colherá o que plantou

“Tendes semeado muito e recolhido pouco; comeis, mas não chega para fartar-vos; bebeis, mas não dá para saciar-vos; vestis-vos, mas ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o para pô-lo num saquitel furado. Assim diz o Senhor dos Exércitos: Considerai o vosso passado. Subi ao monte, trazei madeira e edificai a casa; dela me agradarei e serei glorificado, diz o Senhor” (Ag 1.6-8).
O que você colherá é resultado do que está plantando agora. Seu futuro começa agora! Você pode não ter o que colher no futuro porque está rejeitando a semeadura hoje. Não durma na hora da colheita. O livro de Provérbios ensina: “O que ajunta no verão é filho sábio, mas o que dorme na sega é filho que envergonha” (Pv 10.5).

Chega de dormir na hora da colheita. Quando buscamos o Reino de Deus em primeiro lugar, as outras coisas nos vêm naturalmente; confira: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6.33). Essa é a Palavra de Deus, e ela é a verdade!
A bênção de Deus sempre será liberada no lugar onde Deus escolheu para colocar o Seu nome (1Rs 8.27- 30). Qual é o lugar que Deus escolheu para colocar o Seu nome? A igreja. É na igreja que Deus se manifesta. É ela que o representa. Por isso, você não consegue abrir os céus só com jejum e oração. Falta um ingrediente: dízimos e ofertas na igreja, na Casa do Senhor. A glória da segunda casa será maior do que a primeira. Quando você prioriza a Casa de Deus, aquilo que você perdeu não será maior do que aquilo que você receberá.
Quando temos compromisso com a Casa de Deus, eis o que acontece:
1º) Somos supridos. “E o meu Deus, segundo a sua riqueza e glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades” (Fp 4.19);
2º) Deus faz abalar os céus e a terra e as coisas preciosas virão a nós. A terra seca é abalada, ou seja: a escassez sai. “Pois assim diz o Senhor dos Exércitos: Ainda uma vez, dentro em pouco, farei abalar o céu, a terra, o mar e a terra seca; farei abalar todas as nações, e as coisas preciosas de todas as nações virão, e encherei de glória esta casa, diz o Senhor dos Exércitos” (Ag 2.6,7);
3º) Nós vivemos a glória da segunda casa e a glória da Igreja. Ele nos dá graciosamente ou de graça todas as coisas. Quando recebemos a Cristo, recebemos todas as coisas que Ele conquistou. “Aquele que não poupou o seu próprio filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?” (Rm 8.32).
Desafio de fé: Se isso ainda não aconteceu em sua vida, pare de ser egoísta. Não retenha a fonte de seu amplo suprimento que se chama: semeadura. Experimente crer nisso e semear o melhor na Casa de Deus.
Fotos: Internet

Pr. Marcus Gregório.

Fonte: lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas