Igreja Mundial tenta comprar madrugadas do SBT

A ida do apóstolo Valdemiro Santiago ao Domingo Legal, programa apresentado por Celso Portiolli deixou o SBT na vice-liderança do Ibope, ultrapassando a Record.
Contudo, sua visita a emissora de Silvio Santos teria sido para fazer mais que uma participação no programa. Segundo o site UOL, Valdemiro conversou com a direção da emissora sobre a possibilidade de transmitir os cultos da Igreja Mundial durante as madrugadas.
Essa não é a primeira vez que a Igreja Mundial do Poder de Deus faz esse tipo de proposta, mas ao que se sabe, Silvio Santos sempre se recusou comercializar espaço para programação de igrejas.

O jornalista Ricardo Feltrin afirma ainda que a saída da igreja de Valdemiro, no mês passado, da Band e do canal UHF 21, possibilitou que a Igreja Universal usasse os mesmos horários sem mudar o logotipo da igreja. Ou seja, durante os primeiros dias, os programas da IURD eram transmitidas como se fossem da IMPD.
Sobre a tentativa de Valdemiro de ficar com espaço no SBT, ele já fez uma oferta grande em 2011. Foi noticiado na época que seriam R$ 300 milhões/ano. Em uma entrevista à Folha de São Paulo, Silvio Santos, que é judeu, explicou que usar sua emissora para passar cultos era algo totalmente contra seus princípios. Como comparação, segundo Feltrin, a IURD paga cerca de R$ 500 milhões por ano para transmitir sua programação na Record.
Não foram divulgados os números da proposta da IMPD no SBT em 2014, mas sabe-se que a IMPD pagava R$ 7 milhões por mês ao canal 21 e as madrugadas da Banda custavam mais R$ 4 milhões mensais. Mas acabou rompendo seu contrato por ter deixado uma dívida de R$ 21 milhões. Oficialmente, a Mundial acusa a rede Band de fazer uma rescisão unilateral de contrato e pede, na justiça, R$ 200 milhões de indenização.

Comentários

Postagens mais visitadas