Crer em Deus torna a pessoa melhor, dizem brasileiros

Estudo do Data folha traçou o perfil de eleitores com tendências de direita e esquerda separando por valores ideológicos.
Uma pesquisa realizada pelo Data folha conseguiu traçar o perfil dos eleitores brasileiros diante de valores ideológicos como a posse de armas, descriminalização da drogas, religião e homossexualismo. As perguntas foram divididas entre tendências de esquerda e de direita mostrando a grande diferença de pensamento diante de assuntos importantes e ao mesmo tempo polêmicos.

Os eleitores com tendências de direita se mostraram mais conservadores e religiosos. Entre eles 85% concordam com a afirmação de que “acreditar em Deus torna as pessoas melhores”. Em compensação 14% dos eleitores com tendências de esquerda concordam que “acreditar em Deus não necessariamente torna as pessoas melhores”.
As diferenças são grandes entre os dois grupos, do lado direito 26% acreditam que o homossexualismo “deve ser desencorajado por toda a sociedade” enquanto que os esquerdistas apoiam que a prática seja “aceita por toda a sociedade”.
Outro assunto polemico é a diminuição da maioridade penal, os eleitores de direita querem que os menores infratores sejam penalizados como adultos e os de esquerda preferem que eles sejam reeducados.
Já em relação as drogas 83% dos eleitores de direita quer que o “uso seja proibido, pois toda a sociedade sofre as consequências” e 14% dos eleitores de esquerda querem que o “uso não seja proibido, pois é o usuário que sofre com as consequências”.

Fonte: gospelprime.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA