O lugar da família

“Independente da situação em que se encontra a família, seu papel na vida da cidade ou nação é fundamental”, diz Sandra Vanessa.
Quando pensamos no desenvolvimento, visibilidade, nível de organização, conquistas e bons resultados alcançados por uma cidade ou nação, certamente, nos lembramos de figuras ou segmentos políticos e suas organizações públicas como os responsáveis diretos. De igual forma, esses mesmos são lembrados se as ações públicas não foram satisfatórias. De fato, não há como desvincular as figuras políticas das responsabilidades que seus cargos lhe conferem. Todavia, por trás desses políticos existe uma instituição, a família, e a necessidade de cuidar dela. Quase tudo recai sobre a família que recebe reflexo de toda e qualquer decisão.

Dados do IBGE atestam que um terço das mulheres que trabalham hoje no país, 29,6% do total, responde pelo sustento da casa, assumindo o papel de chefe do domicílio. A média de jornada das mulheres trabalhadoras no Brasil é de 38,7% horas semanais. Enquanto elas estão trabalhando, os filhos dividem o tempo entre a escola e, em muitos casos, a rua, ou seja, sem a orientação, cuidado e proteção da família. Algumas iniciativas do governo e de órgãos particulares ainda não resolvem o problema uma vez que, embora abrigando as crianças enquanto as mães trabalham, a ausência dos pais como orientadores, formadores do caráter e de valores, trazem grandes prejuízos para estas famílias.
Pesquisas e estudos seculares atestam que as políticas sociais até bem pouco tempo tinham como foco o indivíduo. O papel e a importância social da família ganhou força e se tornou evidente a partir da Constituição Federal de 1988 e seus desdobramentos, tais como, o Estatuto da Criança e do Adolescente e a Lei Orgânica da Assistência Social. A família passou a ser vista como direito social. Em Belo Horizonte, alguns projetos e programas atendem famílias em situação de vulnerabilidade: BH Cidadania, Bolsa Família, Farmácia Popular, Família Cidadã, Família Solidária, Meio-Passe Estudantil, CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. Este projetos e programas estão em funcionamento nas regionais. Informações e ações atuais sobre estes programas são disponibilizados no portal: http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=pbh&tax=20761&lang=pt_BR&pg=5120&taxp=0&
Independente da situação em que se encontra a família, seu papel na vida da cidade ou nação é fundamental. Sua importância vai além daquela que as políticas públicas podem alcançar. A Bíblia nos revela que a família é projeto de Deus. Stephen McDowell e Mark Beliles, no livro “Libertando as Nações”, escrevem a respeito da família. Ela é a unidade de construção básica da sociedade. Dependendo da forma como ela é estruturada, o governo, a educação, os negócios, as artes e a vida da nação sofrerão os reflexos. Os autores ressaltam: “É num lar que se constrói um bom caráter e uma visão bíblica de mundo nas pessoas, e ambas as características são necessárias para apoiar nações livres, justas e prósperas. O alvo de um lar cristão numa república é amar e nutrir os jovens, construir um caráter nos jovens e treinar as gerações futuras para governarem a terra.” Sendo assim, a Igreja, o Corpo de Cristo, instruída nos preceitos da Palavra de Deus, pode impactar toda a vida pública da nação por meio do cuidado e especial atenção ao seu lar, e influenciando outros lares. Nesta importante tarefa, não podemos dispensar o poder da oração.
Motivos de Oração:
1 – Que os pais das famílias brasileiras compreendam a importância de orientar seus filhos segundo os valores e princípios da Palavra de Deus;
2 – Que nos lares, os pais possam amar a família como Cristo ama a Igreja;
3 – Que as políticas públicas para proteção da família atendam as necessidades principalmente das camadas mais carentes da nossa sociedade;
4 – Que as mães que estão desamparadas e convivem com a difícil tarefa de sustentar o lar, possam ter o Senhor como seu Deus e primeiro auxílio, além de serem orientadas quanto aos seus direitos;
5 – Que na Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, Belo Horizonte e o Brasil possam ser restaurados a partir de cada lar restaurado, até alcançar todas as estruturas que compõem a sociedade, para que esta terra seja testemunho às nações da glória, majestade e poder do nosso Deus.
Fotos: Internet

Sandra Vanessa.

Fonte: lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIZADE VERDADEIRA - I SAMUEL 18:1-5

FRASES DO TWITTER DO APÓSTOLO RENÊ TERRA NOVA