Ansiedade emburrece


ansiedade emburrece
Você é pouco inteligente ou será ansiedade?

 Depois de mais de 20 anos na prática clínica já posso dizer que tenho um vasto repertório de casos e histórias e posso dizer com tranquilidade que a quantidade de pessoas que se consideram “burras” quando na realidade são ansiosas é muito grande.
Muitas pessoas procuram a clinica e querem fazer teste de QI para saberem o quanto são burras (pois já “sabem” que são menos inteligentes, só querem saber o grau de inaptidão intelectual que as acomete).

 Todo ansioso tem comportamentos que parecem tolos
Ansiedade é “prima irmã” do medo, é “tia” da preocupação e tudo isso limita, momentaneamente, a capacidade de raciocínio.
Todo fóbico social (o extremamente tímido) fala bobagens em publico, e para evitar estes vexames ele se cala ou evita de conviver com pessoas.
Todo portador de TOC acumula objetos ou rituais desnecessários e morre de vergonha que os outros presenciem.
Quem tem fobia de cão, fica paralisado diante de um cão a ponto de se colocar em risco quando o cão realmente oferece perigo.
A síndrome do pânico impede que as pessoas frequentem locais comuns como cinemas ou supermercados.
 A ansiedade é uma voz dizendo “tudo vai dar errado, faça algo”
 A ansiedade existe para ficarmos alertas aos perigos. O problema é que não conseguimos manter o nível ótimo de ansiedade e stress necessários para tomar providências sensatas e passamos aos comportamentos disfuncionais – que é o nome mais bonito, e técnico, para “tolices” ou “burrices” que fazemos.
 Dizer “fique calmo” só piora as coisas
 Não tem nada mais ridículo do que este tipo de dica. O ansioso não precisa de conselho, precisa de técnicas para superar a ansiedade. Na psicologia há um vasto repertório aplicado a cada caso especifico, como por exemplo, a desensibilização sistemática, a respiração diafragmática, o método de aproximações sucessivas, a exposição interoceptiva, enfim, um monte de nomes estranhos que só estou colocando aqui para vocês saberem que existem.
 O melhor é ser "burro" ou ansioso
  O ideal é você se conhecer. Se identificarmos que seus comportamentos inadequados são consequências da ansiedade - como acontece com 99% dos casos -  já sabemos o caminho para superar. Faça psicoterapia, procure um psicologo.

Comentários

Postagens mais visitadas