SAIBA MAIS E GASTE MENOS

Renovar o guarda-roupa, trocar de carro, adquirir aparatos eletrônicos. Todos os dias, homens e mulheres estão cercados de tentações que levam a gastos impulsivos. Mas depois das compras vem o compromisso com o pagamento e as dificuldades com a conta bancária. Confira a seguir dicas preciosas para não amargar no final do mês uma dívida maior do que a que o seu bolso comporta:

1.Conheça como as emoções interferem no dinheiro. Sensações ruins geram a necessidade de satisfação imediata, e é aí que os gastadores de plantão comprometem sua renda.

2. Some os valores de todos os gastos desnecessários que você teve nos últimos meses, contabilize os juros da poupança e veja quanto dinheiro foi desperdiçado.

3. Antes de fechar uma compra, reflita e pergunte-se sobre a real necessidade daquilo no momento.

4. Informe-se sobre tarifas e juros cobrados pelo banco. Isso evita, entre outras coisas, que você ultrapasse o limite de serviços e pague taxas extras.

5. Separe os recibos dos gastos, crie uma planilha e registre, ao menos uma vez por semana, os dados dos comprovantes.

6. Classifique cada despesa da planilha com B (básico), C (contornável) e D (desnecessário). Corte as despesas D, diminua ou elimine as C e tente reduzir o que for possível das B.

7. Não elimine despesas que afetem somente a vida de um dos membros da família. Todos devem participar das escolhas.

8. Para motivar as mudanças financeiras, crie um planejamento para o futuro. Pode ser uma viagem, um curso, ou até mesmo pagar uma dívida.

9. Negocie com os credores. Divida as parcelas de acordo com o valor que você pode pagar sem atraso. Priorize as dívidas com juros mais altos.

Especialmente para elas

Atenta ao comportamento feminino, a consultora financeira Elaine Toledo reuniu o conteúdo de suas palestras no livro Saiba Mais para Gastar Menos - Trabalhando sua Inteligência Financeira (Editora Alaúde). "Precisamos ficar atentas às compras por impulso, que são motivadas por algum descontrole emocional", explica. "Muitas vezes estamos tristes, magoadas, com TPM, e buscamos compensações imediatas com gastos desnecessários”, completa. Além do livro, as interessadas em finanças encontram no site da consultora informações úteis e também a planilha de orçamento sugerida nesta matéria.

Comentários

Postagens mais visitadas